05 JUN 2020 | ATUALIZADO 19:07
POLÍCIA
11/01/2020 13:08
Atualizado
11/01/2020 19:26

Idoso que matou o filho no Ceará é morto a tiros em Pau dos Ferros

A+   A-  
Em Apodi, ex-presidiário conhecido por Baby de Luíza de Lalá foi surpreendido na manhã deste sábado nos fundos da casa onde mora e teve a cabeça estourada com mais de 15 tiros de pistola.
Imagem 1 -  Láercio foi morto no final da tarde por um homem que foi filmado fugindo numa motocicleta
Láercio foi morto no final da tarde por um homem que foi filmado fugindo numa motocicleta

O Instituto Técnico-científico de Perícia registrou homicídio no final da tarde desta sexta-feira, 10, na cidade de Pau dos Ferros, e durante a manhã deste domingo, 11, na cidade de Apodi.

Em Pau dos Ferros o aposentado Laércio Morais de Lima, de 69 anos, estava na calçada de casa quando foi morto com 3 tiros. O suspeito foi filmado fugindo do local numa motocicleta.

Laércio ficou conhecido no Estado do Ceará, precisamente na cidade de Ererê, quando matou o próprio filho José Nilo, de 36 anos, com uma facada, no dia 28 de junho de 2018.

Laércio batia na mulher e o filho não aceitava. Os dois teriam ficado inimigos. No dia do crime, Nilo lia mensagens no celular na calçada de casa quando o pai chegou por trás e o matou.

Após o crime que ganhou ampla cobertura da mídia, Laércio Morais veio morar em Pau dos Ferros, enquanto aguardava julgamento popular no Ceará por ter matado o próprio filho.

O corpo de Laércio Morais foi recolhido para exames e identificação oficial pela equipe do ITEP de Pau dos Ferros. O caso deve ser investigado pelo delegado Adson, de Pau dos Ferros.


O Baby

Em Apodi, ex-presidiário Antônio Jeilson da Costa, Baby, de 38 anos, foi surpreendido na manhã deste sábado nos fundos da casa onde mora e teve a cabeça estourada com mais de 15 tiros de pistola. 

As testemunhas relataram que ele estava vendendo frangos nos fundos de casa, tentando sair do mundo do crime, quando o assassino chegou numa motocicleta e pediu um frango.

Quando se preparava para atender o pedido, começou a ser baleado. O assassino teria descarregado por completo a pistola, pego outro pente de bala e efetuado mais disparos. Baby morreu no local.

O corpo de Baby foi removido para exames pela equipe do ITEP de Mossoró.  O caso Baby deve ser investigado pelo delegado Getúlio Medeiros, de Apodi. 

Notas

Compra Notebook

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário