17 FEV 2020 | ATUALIZADO 18:28
ESPORTE

Madson 'Urea’ está confirmado na abertura do 15ª Campeonato Brasileiro de Pôquer

Analfabeto até os 22 anos, o potiguar de Umarizal aprendeu a ler para se dedicar ao estudo do pôquer. Campeão do Millions 2019, ele emocionou a comunidade por seu exemplo de superação e faturou mais de R$ 1 milhão. Madson estará na abertura da temporada 2020, em Brasília, onde também irá competir.
21/01/2020 08:40
Atualizado
21/01/2020 08:46
A+   A-  
Imagem 1 -
FOTO: CALOS MONTI

Campeão do torneio principal (Main Event) do BSOP Millions, a sétima e última etapa do Campeonato Brasileiro de Pôquer de 2019, o potiguar Madson Moura, o ‘Urea’, é uma das atrações da primeira etapa da 15ª temporada da competição nacional.

O evento será realizada no período de 30 de janeiro a 4 de fevereiro, no Hotel Royal Tulip Alvorada, resort vizinho ao Palácio da Alvorada, em Brasília.

Com o prêmio de R$ 1.244.790,00 que ganhou em São Paulo, em dezembro, ele anunciou que vai participar de todas as etapas do BSOP (Brazilian Series of Poker, organizadora do Brasileirão de Pôquer) neste ano.

Madson foi alçado ao topo do esporte por conta do título de campeão do torneio principal do Millions, a maior etapa da competição nacional, e teve ampla repercussão dado seu exemplo de superação.

Veja mais:

Jovem que aprendeu a ler para jogar poker ganha R$ 1,2 milhão

A infância pobre não foi diferente da realidade de muitos brasileiros de origem humilde: ele deixou de lado os estudos para trabalhar e ajudar no sustento da família. Analfabeto até os 22 anos, aprendeu a ler e a escrever praticamente sozinho, para estudar o pôquer e aprimorar seu jogo.

A trajetória inspiradora de Madson, que nasceu na pequena Umarizal, no interior do Rio Grande do Norte, o transformou em ídolo. Mossoró, cidade em que chegou menino, com 12 anos, e onde fixou residência, o recebeu como herói depois da conquista em São Paulo.

“Participei de uma carreata incrível pela principal avenida da cidade e tive uma linda recepção num restaurante, com minha família inteira presente”.

A Câmara de Umarizal aprovou uma moção de congratulação para Madson, proposta pela vereadora Neide Freitas. Na infância, ele cuidava de cavalos e por isso não se alfabetizou.

Madson foi recebido com festa pelos umarizalenses e retribuiu o carinho distribuindo cestas básicas para comunidades carentes da cidade.

Carismático, Madson disse que passou a se sentir um astro como Neymar Jr., tamanho o assédio após sua conquista: selfies e autógrafos entraram na rotina do campeão, mas ele se diz preparado para encarar a fama e não se deixar levar pelo súbito estrelato.

“A minha humildade continua a mesma. Sou muito grato pelo carinho que recebo. Graças a essa conquista, muitas portas estão se abrindo, e projetos importantes estão surgindo para minha carreira”.

Madson faz questão de destacar o apoio de Ailson Junior, que confiou no talento e na capacidade do amigo de ganhar o torneio principal da maior competição de pôquer do Hemisfério Sul.

Ele bancou a inscrição de Madson no Main Event e comprou a passagem aérea para São Paulo. No total, bancou R$ 15 mil e ajudou o amigo a fazer história no esporte da mente brasileiro.

“Eu falei para ele que só queria a passagem de ida porque só voltava se ganhasse dinheiro”, conta.

Com o triunfo no Millions, Madson diz que iniciará a temporada 2020 do Campeonato Brasileiro de Pôquer com mais confiança e motivado a buscar novas conquistas no BSOP.

A fórmula do campeão para se destacar no esporte é simples: dedicação ao estudo do pôquer e determinação. “Primeiramente, fé em Deus, nunca desista de seus objetivos. Estude bastante e tenha paciência, tudo tem a sua hora. Tenha foco e determinação em tudo que for fazer.”


Notas

KELLY

Publicidades

Bolsas 100% MOSSORÓ

Outras Notícias

Deixe seu comentário