27 SET 2020 | ATUALIZADO 23:02
EDUCAÇÃO
13/02/2020 15:04
Atualizado
13/02/2020 15:08

Escola da Serra do Mel terá ensino técnico voltado para fontes de energia sustentáveis

A+   A-  
“Em breve, a região de Serra do Mel será um polo da energia sustentável. Estamos trabalhando, todos juntos, para que nossos jovens tenham uma formação que permita ele ingressar nessa onda de desenvolvimento que estará chegando”, frisa Marcos Lael, subsecretário de Educação do RN.
Imagem 1 -
FOTO: DIVULGAÇÃO

Os estudantes da escola estadual Padre José de Anchieta, da Serra do Mel, passarão a ter ensino técnico voltado para fontes de energia sustentáveis.

Por meio da parceria da Secretaria de Estado da Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer (SEEC), da Echoenergia e do Instituto Brasil Solidário (ISB), a unidade de ensino localizada na região da Costa Branca ganhará novos espaços físicos e proposta pedagógica inovadora.

Com a presença de gestores, professores e comunidade escolar, a escola realizou, junto com o município, sua jornada pedagógica intitulada “Ventos que Transformam”. A ação teve por objetivo fortalecer o trabalho dos professores em sala de aula, por meio oficinas práticas e doação de materiais pedagógicos de apoio didático.

“Trata-se de um olhar mais atencioso para a preparação das escolas das redes municipal e estadual. Juntos, aqui em Serra do Mel, estamos constituindo um fazer pedagógico onde nossos alunos serão os maiores beneficiados”, explica Marcos Lael, subsecretário de Educação do RN.

Ele foi uma das autoridades presentes na abertura da jornada, que reuniu cerca de 100 participantes.

O subsecretário de Educação também destaca que esse é um passo importante para o desenvolvimento da região.

“Em breve, a região de Serra do Mel será um polo da energia sustentável. Estamos trabalhando, todos juntos, para que nossos jovens tenham uma formação que permita ele ingressar nessa onda de desenvolvimento que estará chegando”, frisa Marcos Lael.

Para o diretor-presidente da IBS, Luis Salvatore, o projeto vai beneficiar todas as etapas de ensino e torna-se um bom exemplo de parcerias público-privada.

“Trata-se de um projeto estratégico, pois engloba uma série de questões educacionais, que vão variar desde a primeira infância ao ensino técnico. Estamos diante de uma ação extremamente importante, onde a parceria com o Estado é fundamental para implementar a grade do ensino técnico com ênfase, observando a região, para eletrotécnica, uma vez que aquela região está recebendo uma série de investimentos da energia eólica e, também, da energia solar. Com esse aparato empresarial, em médio prazo, será necessária a contratação de mão de obra especializada e com essa parceria abrimos um novo leque de oportunidades”, destaca.

O projeto ainda prevê a realização de obras estruturais na escola estadual Padre José de Anchieta, voltadas para construção de duas salas de ensino técnico para os cursos profissionalizantes, reformas na quadra de esportes, um auditório novo e uma biblioteca.

Pensando na sustentabilidade, toda a estrutura elétrica das instalações será mantida com fontes de energias eólica e solar.

Com foco no fortalecimento da educação, o projeto “Ventos que Transformam” atuará por meio da realização de oficinas práticas no município, por meio das quais serão distribuídos material de apoio voltado ao incentivo à prática da leitura, educação ambiental, educação financeira, entre outros.

Dentre os materiais serão entregues, por exemplo, didáticos de incentivo à leitura, com livros e adereços para implementação de espaços de leituras, e jogos lúdico-didáticos.


Notas

AME

Outras Notícias

Deixe seu comentário