28 SET 2020 | ATUALIZADO 18:25
POLÍTICA
COM INFORMAÇÕES DA FÓRUM
19/03/2020 09:16
Atualizado
19/03/2020 09:38

Eduardo Bolsonaro culpa China por pandemia e recebe resposta da Embaixada

A+   A-  
O “3º filho” do presidente Jair Bolsonaro, como ele mesmo se denomina, retuitou uma postagem onde um usuário culpa o Partido Comunista Chinês pelo pandemia. O deputado ainda acrescentou que a China preferiu esconder a doença para evitar desgastes. Após a postagem a embaixada chinesa disparou contra Eduardo Bolsonaro: “Contraiu vírus mental”.
Imagem 1 -
FOTO: REPRODUÇÃO

A embaixada da China no Brasil publicou nesta quarta-feira (18), um tuíte com fortes críticas ao deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP).

Pela manhã, o filho do presidente Jair Bolsonaro retuitou uma publicação de um usuário que culpa o Partido Comunista Chinês pelo coronavírus e acrescentou: “a culpa (do coronavírus) é da China, e a liberdade (ou seja, o fim do comunismo no país) seria a solução”.

Na mensagem, a diplomacia chinesa afirma, diretamente ao deputado, que “suas palavras são extremamente irresponsáveis e nos soam familiares. Não deixam de ser uma imitação dos seus queridos amigos. Ao voltar de Miami, contraiu, infelizmente, vírus mental, que está infectando a amizades entre os nossos povos”.



Após resposta da embaixada, Eduardo Bolsonaro manteve a postagem do usuário que havia retuitado, mas apagou as declarações que ele havia feito.

Vale recordar que, em junho do ano passado, Jair Bolsonaro quis colocar Eduardo, com toda essa sensibilidade diplomática, no cargo de embaixador do Brasil nos Estados Unidos.

O presidente da câmara dos deputados, Rodrigo Maia, pediu desculpa a embaixada chinesa pelas palavras do deputado e disse que "a atitude não condiz com a importância da parceria estratégica Brasil-China e com os ritos da diplomacia". 


Notas

AME

Outras Notícias

Deixe seu comentário