04 JUL 2020 | ATUALIZADO 18:38
EDUCAÇÃO
20/03/2020 16:35
Atualizado
20/03/2020 16:38

Coronavírus: saiba como se profissionalizar na quarentena

A+   A-  
Para ajudar no período de quarentena do coronavírus, diversas instituições de ensino passaram a disponibilizar material de estudo on-line de modo gratuito. A Universidade de Harvard, conhecida por ser uma das melhores universidades do mundo, liberou mais de 100 cursos em 14 áreas em sua plataforma on-line; saiba mais.
Imagem 1 -
FOTO: REPRODUÇÃO

A pandemia do coronavírus tem demandado diversas mudanças na rotina dos brasileiros, entre essas, o isolamento social – recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), cujo objetivo é conter o avanço da doença.

Para ajudar no período de quarentena do coronavirus, diversas instituições de ensino passaram a disponibilizar material de estudo on-line de modo gratuito.

A Universidade de Harvard, conhecida por ser uma das melhores universidades do mundo, liberou mais de 100 cursos em 14 áreas em sua plataforma on-line. As especializações são nas áreas de Arte e Design, Desenvolvimento Educacional e Organizacional, História, Matemática e Análise de Dados, Ciências Sociais, dentre outros. A lista completa pode ser vista através do site.

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – SENAI também possui capacitações gratuitas em sua plataforma on-line. Estão sendo ofertados 12 cursos para quem busca impulsionar sua carreira e está no período de afastamento social do coronavírus.

Já a Udemy liberou, em sua plataforma, 40 cursos na área de programação e tecnologia. Entre os assuntos estão aprimoramento do Python, Introdução à programação de computadores, Introdução à linguagem JavaScript, dentre outros. Os cursos podem ser vistos através do site da instituição.

Bolsa de estudo de até 70% de desconto

Com mais de 15 anos de atuação no mercado da educação, o Educa Mais Brasil disponibiliza cursos com até 70% de desconto. As bolsas são para modalidades presenciais e a distância (EAD). Ao final do curso, o estudante não precisa pagar mais nada. Para saber mais, é só conferir o site da instituição clicando aqui.


Notas

Compra Notebook

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário