09 AGO 2020 | ATUALIZADO 12:50
VARIEDADES
19/05/2020 08:06
Atualizado
19/05/2020 08:09

Lubrificação prolonga vida útil de equipamentos de jardinagem

A+   A-  
Além de aumentar o desempenho de máquinas como Motosserras, cortadores de grama e tratores, tomar as precauções devidas para o bom funcionamento desses aparelhos colabora para uma maior segurança do operador
Imagem 1 -  Além de aumentar o desempenho de máquinas como Motosserras, cortadores de grama e tratores, tomar as precauções devidas para o bom funcionamento desses aparelhos colabora para uma maior segurança do operador
Além de aumentar o desempenho de máquinas como Motosserras, cortadores de grama e tratores, tomar as precauções devidas para o bom funcionamento desses aparelhos colabora para uma maior segurança do operador

Com o avanço da tecnologia e do desenvolvimento industrial, surgiram ferramentas mais eficientes para o trabalho de jardinagem. Essas ferramentas, no entanto, assim como qualquer outra máquina industrial, necessitam de alguns cuidados para que não se desgastem com facilidade ao longo do tempo. Para tanto, são necessárias manutenções preventivas, com o auxílio de Equipamentos para graxa, por exemplo.

Além de aumentar o desempenho de máquinas como Motosserras, cortadores de grama e tratores, tomar as precauções devidas para o bom funcionamento desses aparelhos colabora para uma maior segurança do operador. Com mais segurança e eficiência, tem-se uma maior produtividade.

A lubrificação, nesse cenário, é muito importante. Os lubrificantes formam uma camada protetora entre duas superfícies, impedindo que elas colidam e produzam atrito. Os equipamentos para graxa e para óleo são os responsáveis por fazer esse trabalho. Lubrificantes sintéticos e semissintéticos, minerais, biodegradáveis, automotivos, entre outros, também podem ser utilizados, de acordo com cada necessidade.

Para os equipamentos agrícolas, especificamente, são usados óleos e graxas. O primeiro, além de reduzir o atrito, também desempenha funções de refrigeração, proteção e limpeza. Já o segundo protege as superfíceis em contato e possuem grande consistência.

Existem, basicamente, dois tipos de lubrificantes que acompanham máquinas como equipamentos para graxa: os genéricos e os específicos. Os genéricos, como o nome já diz, servem para todo tipo de máquina para jardinagem e são encontrados com maior facilidade no mercado. Apesar de serem mais baratos, necessitam de uma maior frequência de aplicação e são consumidos de forma mais rápida.

Os lubrificantes de alto desempenho são mais caros e produzidos por empresas menores e especializadas. EM contrapartida, possuem maior durabilidade e a necessidade de reabastecimento cai de forma drástica. Tal característica faz com que o produto seja ideal para quem deseja economia de tempo.

Outra opção - para grandes agricultores - são os sistemas centralizados de lubrificação. Eles são muito mais caros do que os fluídos já citados, mas a grande vantagem é que esses equipamentos possuem bombas elétricas e dispensam automaticamente a graxa em intervalos e as quantidades pré-estabelecidas. Mesmo assim, é necessário que o operador lubrifique manualmente as peças não alcançadas pelo sistema.


Cuidados com a lubrificação

Para manter a integridade dos componentes, faz-se necessária a aplicação de lubrificantes em máquinas agrícolas. Mas, Se a manutenção não tiver a atenção adequada, o reultado pode ser justamente o oposto. Alguns fatores podem interferir no mal funcionamento de máquinas industriais, mesmo quando há a utilização de Equipamentos para graxa.

Portanto, é necessário tomar alguns cuidados para que o lubrificante não seja desperdiçado. Se a lubrificação não estiver fluindo corretamente, verifique se á pó em excesso obstruindo as vias de lubrificação.

Água, quando acompanhada de equipamentos de lubrificação, também podem corroer as superfícies, interferindo nos sistemas de distribuição. Os fluídos de corte - aquele líquido ou gás utilizado na usinagem - também devem ser devidamente separados para preservação do lubrificante.

Em conjunto com essas dicas, outras medidas também podem contribuir para a a preservação das máquinas. Contar com apoio técnico e especializado durante todo processo é uma delas, assim como conscientizar a equipe e os operadores sobre a utilização da lubrificação e do emprego de Equipamentos para graxa. Mas, o mais importante de tudo, é realizar com frequência a manutenção preventiva. Com ela, dificilmente o trabalho agrícola e de jardinagem será atrapalhado por problemas de desgaste e quebra no maquinário.

Notas

AME

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário