22 MAI 2022 | ATUALIZADO 08:21
ESTADO
Da redação
19/03/2015 14:54
Atualizado
13/12/2018 09:31

Servidores em greve têm ponto cortado pelo TJRN

A+   A-  
Salários serão descontados de acordo com os dias não trabalhados pelos servidores.
Imagem 1 -  Servidores em greve têm ponto cortado pelo TJRN
Alberto Leandro

Os servidores do Poder Judiciário que estão em greve deste a última quarta-feira, 17, terão ponto cortado, corresponde aos dias de paralisação. A medida, que foi anunciada hoje, 19, foi tomada pelo presidente do Tribunal de Justiça do RN, o desembargador Cláudio Santos.

Cláudio Santos encaminhou hoje, 18, determinação à Diretoria de Recursos Humanos do Tribunal de Justiça para que sejam tomadas as providências previstas na medida.

Os diretores dos fóruns também já foram comunicados sobre o corte.

Na tomada da decisão, o presidente reafirma o direito de greve por parte dos servidores, no entanto ressalta que o exercício de direito de greve não é absoluto e que a prestação de serviços jurisdicionais deve ser realizada de forma ininterrupta.

De acordo com o desembargador, “as atividades das quais dependem a manutenção da ordem pública e a segurança pública, a administração da Justiça, onde as carreiras de Estado, cujos membros exercem atividades indelegáveis, inclusive as de exação tributária, e a saúde pública não estão inseridos no elenco dos servidores alcançados por esse direito”.

Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário