14 JUL 2020 | ATUALIZADO 12:10
POLÍTICA
30/06/2020 15:37
Atualizado
30/06/2020 15:38

Atividades presenciais na ALRN permanecem suspensas até 31 de julho

A+   A-  
A mesa diretora da casa decidiu pela prorrogação do decreto que suspende as atividade presenciais na Assembleia Legislativa do Estado. “As autoridades em saúde e sanitárias afirmam ainda não ser possível a retomada das atividades presenciais em ambientes fechados”, afirma o presidente da AL, deputado Ezequiel Ferreira.
Imagem 1 -
FOTO: REPRODUÇÃO

A Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte decidiu prorrogar por mais 30 dias, o decreto que suspende todas as atividades presenciais, legislativas e administrativas do Poder Legislativo do Estado.

A decisão transfere para 31 de julho de 2020 a retomada dos trabalhos presenciais na sede do Parlamento.

“As autoridades em saúde e sanitárias afirmam ainda não ser possível a retomada das atividades presenciais em ambientes fechados e considerando o número de casos de infecção pelo novo coronavírus no Rio Grande do Norte prorrogamos o decreto, estendendo o teletrabalho”, justifica o presidente da Casa, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB).

Assim como o Tribunal de Justiça, o Tribunal de Contas do Estado, o Ministério Público, além da Defensoria e demais órgãos estaduais, a prorrogação do decreto é uma realidade.

A continuidade da suspensão das atividades presenciais na Assembleia Legislativa se dá com seguimento das atividades parlamentares e administrativas da Casa de maneira remota, com sessões ordinárias, reuniões de lideranças e Comissões Temáticas.

De acordo com o decreto de prorrogação, a Mesa Diretora da Assembleia segue avaliando as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e das demais autoridades sanitárias e de saúde.

O decreto citado será publicado na edição desta quarta-feira (01.07) no Diário Oficial Eletrônico.


Notas

Compra Notebook

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário