08 AGO 2020 | ATUALIZADO 20:10
POLÍTICA
03/07/2020 09:17
Atualizado
03/07/2020 09:51

Em quem votar? Políticos do passados, inclusive condenados, vão poder concorrer

A+   A-  
Gilberto Martins (Camisa branca ao centro), mesmo com condenações transitadas em julgadas e com multas à pagar, está se movimentando no meio politico há mais 2 anos com o objetivo de voltar ao comando da Prefeitura de Governador Dix Sept Rosado
Imagem 1 -  Gilberto Martins (Camisa branca ao centro), mesmo com condenações transitada em julgada para pagar multas, está se movimentando no meio politico há 2 anos com o objetivo de voltar ao comando da Prefeitura de Governador Dix Sept Rosado
Gilberto Martins (Camisa branca ao centro), mesmo com condenações transitada em julgada para pagar multas, está se movimentando no meio politico há 2 anos com o objetivo de voltar ao comando da Prefeitura de Governador Dix Sept Rosado

Começou a corrida pelo comando das prefeituras e câmaras municipais de 5.570 municípios brasileiros. As eleições serão os dias 15 e 29 de novembro (Veja calendário AQUI). Cabe ao eleitor de cada cidade fazer a melhor escolha para comandar sua cidade nos próximos 4 anos.

Mas quem escolher?

Esta é a dúvida que paira na cabeça do eleitor que não está atrelado a interesses pessoais e familiares dos pré-candidatos que já se apresentaram. Em eleições passadas, teve inúmeros casos que os eleitores trouxeram de volta ao cargo nomes do passado.

É o caso do Alto do Rodrigues, que os eleitores optaram por eleger Abelardo Rodrigues Filho, mesmo este estando com muitos processos e envolvido em escândalos de corrupção. A consequência desta decisão foi que Abelardo restou afastado, gerando instabilidade.

Na cidade de Mossoró, a maioria dos eleitores optaram por trazer de volta Rosalba Ciarlini, também envolvida em inúmeros processos de quem havia sido prefeita e também quando exerceu o cargo de governadora do Estado. O quadro em Mossoró é caótico.

Na cidade de Governador Dix Sept Rosado, os eleitores decidiram mudar, em 2016. Tiraram os políticos tradicionais e colocaram no cargo o agricultor Antônio de Bolota, que realiza uma gestão preocupada com o cidadão. Agradou ao eleitor em geral e desagradou ao eleitor que tem ligações pessoais com os gestores tradicionais do passado.

Um dos gestores do passado é Antônio Gilberto Martins da Costa, que a exemplo de Rosalba Ciarlini e Abelardo Rodrigues, também responde vários processos e alguns já transitado em julgado, aguardando apenas o cumprimento da sentença.

As sentenças condenatórias definitivas podem ser conferidas:

AQUI.

AQUI.

AQUI.

AQUI.

AQUI.

São condenações, com multa, que à primeira vista podem parecer inofensivas, de pequena monta, porém, em se tratando de administração pública, representam um grande prejuízo, ao eleitor, pois impedem a chegada de recursos importantes as futuras gestões.

Na cidade de Campo Grande, o ex-prefeito Bibi de Nenca, está sendo cogitado para sair candidato a prefeito novamente na cidade, mas neste caso é diferente. Bibi de Nenca quando saiu da prefeitura deixou as contas organizadas, com R$ 6 milhões em caixa e não foi processado uma só vez pelos seus atos como gestor municipal.  

Em Alto do Rodrigues, o prefeito Abelardo está impedido de participar do pleito este ano. Em Mossoró, a prefeita Rosalba Ciarlini, apesar de todos os processos, é pré-candidata a reeleição. Em Governador Dix Sept Rosado, o agricultor Antônio de Bolota  deixou seu nome a disposição como pré-candidato a reeleição. Bibi de Nenca admite voltar a concorrer em Campo Grande. 

Notas

AME

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário