12 AGO 2020 | ATUALIZADO 22:24
POLÍCIA
28/07/2020 12:07
Atualizado
28/07/2020 12:15

“Sintonia Geral” do PCC no RN é preso pela Polícia Federal em São Paulo

A+   A-  
O homem de 29 anos foi preso na manhã desta terça-feira (28). Ele estava foragido desde o mês de setembro de 2019. A prisão foi cumprida no CDP Belém II, onde já estava à disposição da justiça, acusado de tráfico de drogas; De acordo com as investigações o suspeito ocupava uma posição hierárquica de destaque no comando da facção criminosa no RN.
Imagem 1 -
FOTO: REPRODUÇÃO

A Força-Tarefa de Combate às Facções Criminosas em Mossoró, coordenada pela Polícia Federal, prendeu na manhã desta terça-feira (28), um homem de 29 anos, procurado desde o mês de setembro de 2019, quando foi deflagrada a Operação Extração no RN.

O mandado de prisão expedido pela 2ª Vara Criminal da comarca de Mossoró foi cumprido no Centro de Detenção Provisória Belém II, em São Paulo/SP, onde o procurado estava detido desde o último dia 23 de julho, quando foi preso em flagrante, acusado de tráfico de drogas.

No Rio Grande do Norte, o homem integrava a cúpula paulista do PCC e era apontado como um dos “Sintonias Gerais”, posição hierárquica de destaque no comando da facção criminosa neste estado.

A investigação realizada pela Polícia Federal culminou com o indiciamento do investigado por integrar organização criminosa e por sua associação ao tráfico de drogas no RN.

O força-tarefa é composta por policiais federais, policiais civis, policiais militares, bem como policiais penais federais, atuando em colaboração com a Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública (SEOPI/MJSP).

Apesar das restrições impostas no período de calamidade pública, a Força-Tarefa formada prossegue nos trabalhos, a fim de monitorar e reprimir as ações das facções criminosas no Rio Grande do Norte.


Notas

AME

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário