22 OUT 2020 | ATUALIZADO 18:53
VARIEDADES
20/08/2020 10:04
Atualizado
20/08/2020 10:06

Campanha “LBV – SOS Calamidades” doa cestas básicas para famílias vulneráveis

A+   A-  
Na terça-feira (18) a ação chegou a comunidade Olga Benário, no Bairro Planalto, Zona Oeste da capital, onde residem cerca de 120 famílias com renda provenientes da coleta de materiais recicláveis e de programas sociais como o bolsa família.
Imagem 1 -
FOTO: LEIKSON KLEUMMER

A Legião da Boa Vontade (LBV) vem intensificando sua atuação no enfrentamento a pandemia da Covid-19 com a campanha “LBV – SOS Calamidades”, para assistir as famílias mais vulneráveis em risco alimentar com cestas de alimentos e kit de material de limpeza.

Na terça-feira (18) a ação chegou a comunidade Olga Benário, no Bairro Planalto, Zona Oeste da capital, onde residem cerca de 120 famílias com renda provenientes da coleta de materiais recicláveis e de programas sociais como o bolsa família.

De acordo com a LBV, a entrega das cestas de alimentos respeitou todas as medidas preventivas para a não aglomeração, cada pessoa beneficiada estava de máscara e realizaram, ainda, a higienização das mãos com álcool 70%.

Para assistir às famílias da comunidade, a LBV contou com o apoio do Movimento de Luta por Moradia Popular (MLMP). A representante do movimento, Fabiana da Silva, esclarece a situação socioeconômica da comunidade.

“Na comunidade temos muitas mulheres desempregadas com mais de oito filhos, uma vida privada de saúde, de água, de segurança, de saneamento básico, principalmente para nossas crianças”.

A emoção dos chefes de famílias era visível ao receberem uma cesta recheada de alimentos e kits de higiene e limpeza.

A artesã e moradora na comunidade, Charlene Baracho Martins, de 38 anos, mãe de quatro filhos, desempregada, relata que fabrica produtos de limpeza artesanalmente e, junto com o esposo, reutiliza pallets na confecção de caixotes decorativos para diversos ambientes e, de maneira ecológica e sustentável, garante a renda familiar.

Charlene, ao receber o presente da Legião, comentou que chegou no momento certo. “Recebo de coração aberto, porque não é todo momento que temos o alimento, sempre passamos aperto, estamos bastante gratificados com essa ajuda. Nossa! Veio farinha de trigo. As vezes desejo comprar para fazer um bolo e não temos as condições financeiras. Estou muito contente com essa bela cesta”, declara.

A senhora Maria Eliane do Nascimento, desempregada e mãe de três crianças, comentou com a Equipe da LBV, que no dia anterior havia realizado uma oração fervorosa rogando a Deus, como poderia ter os alimentos para os filhos e a resposta veio no dia seguinte, com a chegada da Instituição na comunidade.

“Um dia antes não tinha nada para alimentar meus filhos, falei com Deus, que chegou com a providência, essa ajuda da LBV chegou em boa hora para alimentar meus filhos. Só tenho que agradecer ao trabalho de vocês e a todos que ajudam”, declara.

A LBV lembra que depende da ajuda da população para garantir que as ações sigam acontecendo. “Neste momento, sua Boa Vontade é o caminho para que mais pessoas se previnam desse vírus e tenham condições de o enfrentá-lo com força e saúde”.

Os interessados em ajudar podem doar por meio do site www.lbv.org, ou pelo telefone: (84) 3613.1655. Em ambos os locais também é possível saber mais sobre o trabalho da LBV.


Notas

AME

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário