29 OUT 2020 | ATUALIZADO 00:19
POLÍTICA
17/09/2020 10:56
Atualizado
17/09/2020 11:00

PT lança chapa sangue puro à prefeitura de Natal com Jean Paul e Elizabeth Lima

A+   A-  
A convenção foi realizada online, devido a preocupação com a pandemia, que ainda representa perigo à população; O encontro virtual contou com a participação de nomes que compõem o cenário local e nacional do PT, a presidenta nacional do partido, Gleisi Hoffmann, a governadora Fátima Bezerra, os ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff, o ex-ministro Fernando Haddad, além dos senadores Humberto Costa, Jaques Wagner, Paulo Paim e Paulo Rocha.
Imagem 1 -
FOTO: CEDIDA

O Partido dos Trabalhadores do município de Natal oficializou o nome do senador Jean Paul Prates como candidato a prefeito de Natal em convenção realizada nesta quarta-feira (16).

Jean vai compor a chapa com a assistente social Elizabeth Lima, também do PT, militante do movimento de mulheres negras. Na ocasião também foram homologados o nome de 21 candidatos a vereadores e vereadoras.

Em respeito às medidas de segurança relacionadas à Covid-19, o evento aconteceu online, com a participação de filiados do partido.

A decisão foi tomada devido a preocupação do PT com a pandemia, que, apesar de ter desacelerado no Rio Grande do Norte, ainda representa perigo à população.

O encontro virtual foi bastante prestigiado e reuniu na sala de um aplicativo de videochamada mais de 300 pessoas, entre militantes e nomes que compõem o cenário local e nacional do Partido dos Trabalhadores, como a governadora Fátima Bezerra, o ex-presidente Lula, a ex-presidenta Dilma Rousseff, a presidenta nacional do PT, Gleisi Hoffmann, o ex-ministro Fernando Haddad, além dos senadores Humberto Costa Jaques Wagner, Paulo Paim e Paulo Rocha.

“Quero ser prefeito para implantar o Passe Livre e oferecer uma gestão mais moderna. Nosso povo sofre nas paradas de ônibus e nos demais serviços públicos. Vamos acabar com essa mesmice administrativa que perdura em Natal”, declarou o senador Jean.

Para a presidenta do PT de Natal, Divaneide Basílio "A luta para transformar Natal em uma cidade sem desigualdades não começou hoje, com muita coragem e determinação, defendemos bandeiras que se somam as vozes silenciadas e marginalizadas pelo poder público de Natal".


Notas

AME

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário