27 FEV 2021 | ATUALIZADO 21:06
POLÍCIA
ANNA PAULA BRITO
22/01/2021 18:37
Atualizado
23/01/2021 08:00

“Atiraram por pura maldade”, diz delegado sobre latrocínio de “Espanta”

A+   A-  
O Delegado Valtair Camilo, titular da Delegacia de Homicídios de Mossoró, afirmou que duas pessoas foram presas pelo latrocínio de Carlos Reginaldo Nogueira Holanda Júnior, de 31 anos. Um terceiro envolvido encontra-se foragido. Ainda segundo Valtair, o crime teria acontecido por pura maldade, não justificando o fato de a vítima ter reagido durante a ação.
Imagem 1 -  O Delegado Valtair Camilo, titular da Delegacia de Homicídios de Mossoró, afirmou que duas pessoas foram presas pelo latrocínio de Carlos Reginaldo Nogueira Holanda Júnior, de 31 anos. Um terceiro envolvido encontra-se foragido. Ainda segundo Valtair, o crime teria acontecido por pura maldade, não justificando o fato de a vítima ter reagido durante a ação.
O Delegado Valtair Camilo, titular da Delegacia de Homicídios de Mossoró, afirmou que duas pessoas foram presas pelo latrocínio de Carlos Reginaldo Nogueira Holanda Júnior, de 31 anos. Um terceiro envolvido encontra-se foragido. Ainda segundo Valtair, o crime teria acontecido por pura maldade, não justificando o fato de a vítima ter reagido durante a ação.
FOTO: CEDIDA

Em entrevista coletiva, concedida à imprensa na tarde desta sexta-feira (22), o Delegado Valtair Camilo, titular da Delegacia de Homicídios de Mossoró, afirmou que o disparo que tirou a vida de Carlos Reginaldo Nogueira Holanda Júnior, de 31 anos, foi “por pura maldade”, não justificando o fato de a vítima ter ou não reagido durante a ação.

Duas pessoas já foram presas e autuadas pelo latrocínio, ocorrido na noite desta quinta-feira (21), na Favela do Fio, em Mossoró.

Veja mais:

Polícia Civil prende envolvidos no latrocínio de Carlos Jr. "Espanta"

Ex-candidato a vereador em Mossoró é morto com tiro na cabeça


Encontram-se presos:

- Vanderclayton Leandro de Lima, conhecido por bigode, que teria emprestado a arma do crime para os autores.

- Marcos Vinicius Silva dos Santos. Este confessou ter participado da ação, mas afirmou que o comparsa seria o autor do disparo.

O terceiro envolvido, Antônio Lucas Lobo Maia, está foragido. Em liberdade provisória, sendo monitorado por tornozeleira eletrônica, ele teria quebrado o equipamento da manhã de hoje (22) e fugido de casa. O homem foi apontado por Marcos Vinícius como o autor do crime.

A Polícia realizou diversas diligências para capturá-los, até na cidade de Icapuí, no Ceará, ele foi procurado, mas sem sucesso.

A Polícia Civil pede que quem tiver informações que possa levar ao paradeiro de Antônio Lucas, que entre em contato pelo 190, com garantia de sigilo da fonte.

Após autuados, Vanderclayton e Marcos Vinícius foram levados para a cadeia pública de Mossoró, onde permanecerão à disposição da justiça.


"A GENTE NÃO QUER VIGANÇA, NÃO! MAS TEM QUE TER JUSTIÇA."

No mesmo horário em que o delegado Valtair Camilo concedida entrevista coletiva sobre a prisão dos suspeitos de terem tirado a vida de Carlos Júnior, familiares e amigos realizaram o sepultamento do rapaz.

Movidos por muita emoção, um deles parou em frente ao jornalista Cezar Alves, que gravava o cortejo e falou: "A gente não quer vingança, não! Mas tem que ter justiça".



Notas

AME

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário