27 FEV 2021 | ATUALIZADO 21:06
POLÍCIA
ANNA PAULA BRITO
22/01/2021 14:46
Atualizado
22/01/2021 14:48

Polícia Civil prende envolvidos no latrocínio de Carlos Jr. "Espanta"

A+   A-  
Três homens foram presos nesta sexta-feira (22). Dois deles estão diretamente envolvidos no crime que vitimou Carlos Reginaldo Nogueira Holanda Júnior, conhecido como Espanta, de 31 anos, na noite desta quinta-feira (21), na Favela do Fio. O carro da vítima, que havia sido roubado, bem como o celular, foram recuperados. O Delegado Valtair Camilo, titular da Delegacia de Homicídios de Mossoró, concederá entrevista coletiva às 17h.
Imagem 1 -
FOTO: REPRODUÇÃO

Três homens foram presos na manhã desta sexta-feira (22) por suspeita de envolvimento no latrocínio que vitimou o ex-candidato a vereador Carlos Reginaldo Nogueira Holanda Júnior, conhecido como Espanta, de 31 anos.

O crime aconteceu na noite desta quinta-feira (21). Carlos Júnior trabalhava como motorista de aplicativo e teria sido morto após reagir a uma tentativa de assalto, na Favela do Fio, em Mossoró.

Veja mais:

Ex-candidato a vereador em Mossoró é morto com tiro na cabeça

De acordo com a Polícia Civil, após as prisões e depoimentos dos suspeitos, ficou comprovado que apenas dois dos presos hoje estão diretamente envolvidos no crime. O terceiro homem foi preso por estar portando drogas no momento da abordagem. Ainda há uma outra pessoa foragida.

O carro da vítima, bem como celular, que haviam sido roubados no momento do crime, já foram recuperados. Os suspeitos foram encontrados na região do Abolição 5.

O delegado Valtair Camilo, titular da Delegacia de Homicídios de Mossoró, irá conceder uma entrevista coletiva às 17h desta sexta, quando dará mais detalhes sobre o caso.


Notas

AME

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário