08 MAR 2021 | ATUALIZADO 21:17
SAÚDE
22/02/2021 08:06
Atualizado
22/02/2021 08:32

Dietas detox: nutricionista alerta sobre os perigos e recomenda manter alimentação equilibrada

A+   A-  
Conforme a nutricionista do Hapvida Saúde, Sonalle Carolina, muitas divulgadas prometem auxiliar na eliminação das toxinas, na perda do peso e melhora da saúde, mas não há evidência comprovada. “Ao contrário disso, além dos custos associados significativos, a utilização de forma indiscriminada pode ter potencial para causar danos, principalmente hepáticos, apesar de serem bem populares”, alertou.
Imagem 1 -
FOTO: REPRODUÇÃO

A popularidade das dietas detox tem sido tão grande que, geralmente, dentro do ciclo de amizade ou até mesmo familiar se indica algumas receitas para a realização de sucos ou refeições do tipo.

O objetivo é, justamente, relacionado à limpeza de algumas substâncias contidas no sangue e a eliminação de toxinas que são prejudiciais ao corpo. Essas dietas são, em sua grande maioria, definidas pelas mudanças de hábitos alimentares, feitas em um período de curto prazo.

Conforme a nutricionista do Hapvida Saúde, Sonalle Carolina, muitas divulgadas prometem auxiliar na eliminação das toxinas, na perda do peso e melhora da saúde, mas não há evidência comprovada.

“Ao contrário disso, além dos custos associados significativos, a utilização de forma indiscriminada pode ter potencial para causar danos, principalmente hepáticos, apesar de serem bem populares”, alertou.

Ainda de acordo com a especialista, o consumo exagerado de alimentos industrializados, temperos prontos, alimentos ricos em gordura, sal e açúcar, podem acarretar problemas na saúde, como risco de doenças cardiovasculares e hipertensão arterial, disfunções estomacais, resistência insulínica, diabetes, sobrepeso e obesidade.

Por isso, é recomendado o acompanhamento nutricional para dar início a qualquer tipo de dieta ou jejum. Sonalle aconselha o consumo regular de frutas e vegetais antioxidantes, principalmente após o consumo exacerbado de alimentos que prejudicam a saúde, para auxiliar o sistema digestivo e a produção de enzimas digestivas, ajudando na recuperação da ‘homeostase corporal’, que é quando o corpo funciona com estabilidade.

Notas

Posto JP Fevereiro de 2021

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário