13 ABR 2021 | ATUALIZADO 12:18
MOSSORÓ
POR ACLECIVAN SOARES
22/03/2021 10:31
Atualizado
22/03/2021 10:35

[OPINIÃO] “Coleguinhas, uni-vos em favor da vida!!!”, por Aclecivan Soares

A+   A-  
O que gostaria, nesse momento, e acredito que a maior parcela da população mossoroense idem, é de união em único objetivo que é o de informar a população os verdadeiros riscos, a realidade do momento no que diz respeito a Covid-19, mas não esse ranço politiqueiro, ou paixões por políticos. Isso não é salutar para a informação e seu importante papel.
Imagem 1 -
FOTO: REPRODUÇÃO

Sinceramente não devia, ou até mesmo não seria necessário, comentar, falar ou pedir o que se segue. Sei o quanto é fundamental o papel da imprensa, que informa, evidentemente, mas às vezes, ela mais desinforma do que informa.

O que quero dizer com isso, é que de urgência se precisa encampar uma luta de melhor informar nesse momento de pandemia. E sobre ela. Quase tudo o que deve e que não se deve fazer.

Peço até desculpas aos colegas, mas o que venho acompanhando, em Mossoró, são setores que buscam qualquer informação que se possa jogar a população contra a atual administração. E ressalto duas coisas: não faço parte dela e nem tenho procuração para defender o gestor.

O que gostaria, nesse momento, e acredito que a maior parcela da população mossoroense idem, é de união em único objetivo que é o de informar a população os verdadeiros riscos, a realidade do momento no que diz respeito a Covid-19, mas não esse ranço politiqueiro, ou paixões por políticos. Isso não é salutar para a informação e seu importante papel.

Vamos colegas, em nome da vida, das famílias mossoroenses, das nossas famílias, focar, nesse momento, em informações que alertem os munícipes a real necessidade de se ter mais cuidado, ouvir especialistas, realizar campanhas para famílias carentes, desempregadas, pedir apoio da classe empresarial, enfim, não é momento de rivalidade política, defesa de políticos, mas sim, de união.

Essa não é uma luta apenas de quem se encontra gestor, mas de todos. A responsabilidade é de cada um, e cabe, principalmente a imprensa levantar e segurar essa bandeira no atual momento, esquecendo quem são os gestores, seus partidos políticos, e centrando no principal que é a informação para salvar vidas, e não “salvar” a sua vida por meio de algumas informações.

Conclamo a todos: Carlos Santos, Saulo Vale, Willian Robson, Bruno Barreto, César Santos, Cézar Alves, Agenor Melo, Fabiano Souza, Carlos Skarlack, Vonúvio, Carol Ribeiro, Márcio Alexandre, Edilson Damasceno, Magnos Alves, Rádio Difusora, TCM, RPC, Rádio Rural, FM 93, FM 95, FM 105, portais de informações, enfim, todos os meios de comunicação para, mesmo que exaustivamente, informar o que se deve continuar a fazer para evitar contrair e repassar a Covid-19.

Se assim não fizermos hoje, amanhã talvez seja tarde demais e não tenhamos mais a quem informar.


Notas

Posto JP Fevereiro de 2021

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário