30 NOV 2021 | ATUALIZADO 18:05
POLÍCIA
14/10/2021 07:00
Atualizado
14/10/2021 07:00

ITEP identifica corpo encontrado pela PM na Estrada da Raiz, em Mossoró

A+   A-  
No ITEP, além de identificar a vítima como sendo Danilo Emerson Nogueira de Medeiros, de 34 anos, os exames apontaram que se trata de um crime de homicídio, ocorrido há cerca de 5 dias, segundo o perito criminal Denis Orosco. Ainda conforme a perícia, Daniel Emerson sofreu tiros possivelmente de escopeta 12 na cabeça.
Imagem 1 -  No ITEP, além de identificar a vítima como sendo Danilo Emerson Nogueira de Medeiros, de 34 anos, os exames apontaram que se trata de um crime de homicídio, ocorrido há cerca de 5 dias, segundo o perito criminal Denis Orosco.  Ainda conforme a perícia, Daniel Emerson sofreu tiros possivelmente de escopeta 12 na cabeça.
No ITEP, além de identificar a vítima como sendo Danilo Emerson Nogueira de Medeiros, de 34 anos, os exames apontaram que se trata de um crime de homicídio, ocorrido há cerca de 5 dias, segundo o perito criminal Denis Orosco. Ainda conforme a perícia, Daniel Emerson sofreu tiros possivelmente de escopeta 12 na cabeça.

O corpo encontrado no mato na região da estrada da raiz, zona norte da cidade de Mossoró, na manhã desta quarta-feira, 13, foi identificado no final da tarde do mesmo dia, no Instituto Técnico-científico de Perícia (ITEP).

No local, os policiais não tiveram como concluir que a vítima havia sido assassinada, pois o corpo já estava em estado de esqueletização.

Veja mais

PM encontra corpo em matagal na estrada da Raiz em Mossoró

No ITEP, além de identificar a vítima como sendo Danilo Emerson Nogueira de Medeiros, de 34 anos, os exames apontaram que se trata de um crime de homicídio, ocorrido há cerca de 5 dias, segundo o perito criminal Denis Orosco.

Ainda conforme a perícia, Daniel Emerson sofreu tiros possivelmente de escopeta 12 na cabeça. Após a identificação oficial, a família foi informada para os procedimentos de velório e sepultamento do corpo.

Como se trata de homicídio, o caso deve ser investigado pela Divisão de Homicídios de Mossoró.


Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário