22 MAI 2022 | ATUALIZADO 08:21
VARIEDADES
17/12/2021 16:55
Atualizado
17/12/2021 17:00

O que é Litecoin, informações sobre a criptomoeda derivada da Bitcoin

A+   A-  
A Litecoin é descrita por seus criadores como uma moeda digital de peer-to-peer. É a fork (faca) da Bitcoin que possui um código fonte aberto.
Imagem 1 -  A Litecoin é descrita por seus criadores como uma moeda digital de peer-to-peer. É a fork (faca) da Bitcoin que possui um código fonte aberto.
A Litecoin é descrita por seus criadores como uma moeda digital de peer-to-peer. É a fork (faca) da Bitcoin que possui um código fonte aberto.

O que é a LTC? Para dar uma resposta a essa questão, devemos aprender sobre a origem da criptomoeda. Ao mesmo tempo que vários ativos digitais foram desenvolvidos do nada ou para ter uma função específica, a Litecoin foi criada na plataforma Bitcoin com o intuito de aperfeiçoar os defeitos da rede. A Bitcoin foi alvo de críticas em muitos temas e a Litecoin é uma resposta para algumas das maiores críticas. Ela também é uma forma que os ativos digitais possuem para se tornar mais bem aceitos. Este artigo disponibilizará uma explicada do que a criptomedas é e como a Litecoin funciona.


Histórico da Litecoin explicado de uma forma simples

A Litecoin é descrita por seus criadores como uma moeda digital de peer-to-peer. É a fork (faca) da Bitcoin que possui um código fonte aberto. A diferença mais importante entre a Bitcoin e a Litecoin é que o que a Litecoin é passar por ter como processar um número elevado de transações em um período de tempo estipulado. Para várias pessoas, o principal problema que a Bitcoin apresenta é a falta de eficácia em relação ao processo das transações. Considerando que a moeda digital foi edificada com um determinado propósito, essas deficiências tem servido de empecilho para sua adoção. E como resultado disto, Charlie Lee, um funcionário aposentado da Google tomou a decisão de criar uma versão mais aprimorada da criptomoeda e assim lançou a Litecoin por um intermédio de um cliente com código fonte aberto no GitHub. Então em 13 de outubro de 2011 a Litecoin foi lançada.

Para os que possuem interesse em saber o que significa a LTC, o time de fundo da criptomoeda possui uma resposta. "A Litecoin é uma rede de pagamento mundial com um código aberto, descentralizada e isenta de autoridades centrais. Os cálculos são uma proteção para a rede e dá capacidade as pessoas para ter controle de suas próprias finanças. A Litecoin aponta tempos de confirmação de operações que são mais velozes e com maior eficácia de armazenamento do que a moeda mais importante que tem os cálculos como base. Com a contribuição da indústria, do volume do comércio e da liquidez, a Litecoin é uma via comercial comprovada para a Bitcoin, "- esta é uma afirmação disponível para aqueles que visitam o site da Litecoin.

O time responsável pela Litecoin narra as vantagens mais importantes dessa criptomoeda, que no começo foi observada como uma opção em relação a Bitcoin, mas conquistou sua própria base e atualmente é considerada uma das maiores criptomoedas mundias. Vamos então fazer um passeio pelos benefícios da rede e fazer uma comparação dela em relação a Bitcoin para chegar a uma resposta nossa para a questão: o que é o Litecoin?


Explicação das características diferenciais da Litecoin

A Litecoin melhora o problema da escalabilidade da Bitcoin

Para entender de verdade o que significa Litecoin, é importante observar seus recursos diferenciados, se comparado com criptomoedas e em específico com a Bitcoin. Como a Litecoin foi edificada através da base da Bitcoin, essas duas moedas digitais compartilham muitas semelhanças. De fato, a Litecoin é muito parecida com a Bitcoin em muitas características. Existem muitos recursos distintos que tornam o processamento das transações de uma forma mais eficiente e molda qual é o significado de Litecoin. O tempo que leva para um bloco ser gerado na rede da Litecoin é de cerca de 2.5 minutos, o que é quatro vezes menor do que os dez minutos que a Bitcoin leva para gerar um bloco em sua rede. Além do mais, a quantidade máxima de moedas por bloco também é ampliada. Tudo isso quer dizer que a rede está aberta para processos com mais transações em média, em um período específico de tempo.

Na rede da Bitcoin o tamanho da mempool, que é uma pool de transações que tem a necessidade de ser validade, pode atingir tamanhos que tornam o funcionamento adequado da rede mais difícil. As pessoas que tentavam realizar transações através da rede tiveram que esperar por várias horas ou até mesmo dias para ter suas transações registradas no blockchain. Em consequência disto, a criptomoeda não teve como desempenhar o papel pela qual ela foi criada. Essa tem sido uma das críticas feita pela rede da Bitcoin. Com a Litecoin o tamanho da mempool é diminuído e os blocos são criados quatro vezes mais, além do número de transações por bloco ser ampliada.

Um dos motivos pelos quais as transações que duram um período curto de tempo é importante é que elas ampliam o crescimento da adoção das criptomoedas. Se os comerciantes começarem a aceitar pagamentos feitos em moeda digital, que é um dos caminhos mais importantes para que as moedas possam ser mais bem aceitas, em um resumo Litecoin eles precisam receber confirmações das transações o mais rápido que for possível. Mesmo que diversos comerciantes tem exigências distintas para que uma transação seja confirmada, um bloco maior quer dizer em média que esse período diminuirá. Isto significa que os comerciantes terão mais conforto ao aceitar pagamentos através dessa criptomoeda.


Explicação da Litecoin e o algoritmo hash

A escalabilidade não é a distinção exclusiva entre a Litecoin e a rede da Bitcoin. A Litcoin utiliza um algoritmo hashing diferenciado, conhecido com crypt, ao passo que a Bitcoin utiliza o famoso SHA-256 para sua prova de trabalho. Em contra partida ao SHA-256, o crypt gasta muita memória. Isso significa que os números criados são guardados na memória que dá acesso ao processador. Dessa forma a memória RAM precisa ser acessada com frequência.

No geral, os protocolos que tem seu fundamento no scrypt possui uma hash baixa, se comparada com as que são baseadas no SHA-256. É isso que possibilita que a rede da Litecoin crie blocos de uma forma muito mais veloz. A razão principal dos criadores e o que é a rede Litecoin terem selecionado a Scrypt ao invés da SHA-256, é para evitar que o CPU, GPU e a ASICs esteja aberta para minar a moeda digital. A carta tem sido desenvolvida em especial com o propósito de minar a criptomoeda, e ela é bem mais eficaz que as demais. Dessa forma os usuários so CPU e do GPU estão sendo colocados em desvantagem, e o poder de mineração esta com sua concentração nas mãos daqueles que que operam, os ASIC miners.

Em razão do Scrypt consumir uma enorme memória, as vantagens dos ASIC miners são excluídas e todos os seus usuários são postos em uma posição igualitária. Apesar deste ter sido o objetivo dos criadores ao selecionar o algoritmo de hashing para a rede, a abordagem de longo prazo não pode ser mantida. Em contra partida aos planos dos criadores, os ASIC miners que são dirigidos para a rede Litecoin e o Scrypt, que foram edificados com o intuito de conseguir reverter esses problemas. Como resultado disto os usuários de CPUs e GPUs não tem mais como minar as Litecoins.


A rede Litecoin provou que é uma das redes de criptomoedas com maior abertura para a inovação

A rede Litecoin tem como seu diferencial a habilidade de inovar, o que é uma outra face das atividades que a Litecoin realiza. Em 2017, a mesma passou a ser a moeda número um, em um ranking com as cinco melhores que adotaram a Segregated Witness. Este soft fork (faca macia) possibilita que as redes de criptomoedas realizem o processamento de uma quantidade superior de transações em um período de tempo específico. Neste mesmo ano a Litecoin foi a rede responsável por processar a primeira transação da Lighting Network.

Essa operação foi uma transferência de um valor pequeno de Litecoins de Zurique para São Francisco e levou menos de um segundo para ser finalizada. A Lightning Network é outra saída que auxilia na questão de scaling das criptomoedas. Ela utiliza canais de pagamento peer-to-peer para fazer o processamento das transações em um tempo bem curto e com segurança.

Outra vantagem da Litecoin possui é de estar na Wallet encryption.“A Wallet encryption possibilita a proteção de sua própria wallet para que você possa observar as operações e o valor do saldo de sua conta, mas é preciso colocar sua senha antes que as Litecoins sejam gastas. Isso dá proteção anti vírus e anti cavalos de troia que realizam furtos, além de uma verificação feita na íntegra antes que os pagamentos sejam enviados”, descreve o site da rede.

Com a emissão plena das Litecoins, vão haver 84 milhões de moedas circulando. Este número é quatro vezes mais elevado do que o número da rede de Bitcoin. No começo os mineiros receberam cerca de 50 moedas por cada bloco que era extraído, mas esse benefício foi diminuído para 25 moedas recém geradas. Então esta quantidade foi minimizado para metade a cada 840.000 blocos, o que gasta uma média de 4 anos. Nessa velocidade, uma média de 3 quartos das Litecoins serão criadas até o ano de 2020.

Assim como aconteceu com qualquer moeda digital, a análise da Litecoin também passou por quedas e subidas em relação as movimentações do seu valor. Enquanto as pessoas não conheciam o que a Litecoin representou, ela era uma das menores criptomoedas do mercado. Seu começo apresentou um ritmo permanente com sua flutuação em cerca de $3 durante um período de tempo. No final de 2013 ela sofreu um pequeno aumento no momento em que a moeda demonstrou um crescimento relevante de 100% em apenas um dia. Porém o valor apresentou queda e chegou ao preço de antes, até que em 2017 ela se tornou tendência.

Em março de 2017, o preço da criptomoeda começou a aumentar muito mesmo com a presença da volatilidade de sempre, a tendência em destaque era a de um crescimento incrível. Durante o fim do ano, a moeda teve mais de US $320 em negociações, fato que ampliou o preço médio em cem vezes, se comparado a anos que antecedem o ocorrido. A capitalização do mercado da criptomoeda em seu auge chegou a atingir US $20 bilhões. Uma das contribuições para esse crescimento é que não apenas os cryptos puderam ser negociados no spot, mas também a trading futuro contatos por cryptos tornou-se disponível.

Em uma explicação sobre a Litecoin, em dezembro de 2017, o valor começou a mostrar uma tendência com baixa e não considerou uma queda em janeiro de 2018, então seu nível caiu de US $50 em novembro de 2018. A capitalização de mercado do ativo digital era de cerca de de US $370 milhões. De acordo com o coinmarketcap.com, isso fez da criptomoeda a sétima maior em capitalização de mercado global, ficando atrás da Stellar e na frente da Cardano. Essa é uma volta rápida para uma moeda que estava entre as cinco melhores do ano de 2017.

Concluindo, a Litecoin que teve seu nascimento em função da ideia de uma Bitcoin mais aperfeiçoada, cresceu e passou a ser uma das criptomoedas mais famosas do mundo. Agora, todos que possuem interesse no mundo das criptomoedas, não somente investem na maior moeda global, como também já tem o conhecimento a cerca do significado da Litecoin. Essa moeda também pode ser uma resposta para a problemática da falta de adoção que as criptomoedas sofrem.

A Litecoin disponibiliza uma atmosfera muito confortável para seus negociantes, já que elas permitem pagamentos de usuários que utilizam moedas digital de uma forma muito mais veloz. A Litecoin também está preocupada com a tecnologia e com a representatividade do blockchain, que é que todos tenham o mesmo acesso. É por essa razão que a mesma escolheu excluir a vantagem dos ASIC miners e autorizou que todos tenham uma oportunidade igualitária de fazer parte do projeto.


Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário