17 JUN 2024 | ATUALIZADO 16:16
NACIONAL
POR LEANDRO MAZZINI E WALMOR PARENTE
16/02/2022 08:15
Atualizado
21/02/2022 11:02

[COLUNA ESPLANADA] Líderes aproveitam “janela partidária” para engordar suas bancadas

A+   A-  
A menos de 15 dias da abertura da chamada “janela partidária”, presidentes e líderes de legendas no Congresso intensificam convites e assédios para engordar suas respectivas bancadas. O período para que deputados federais, estaduais e distritais mudem de partido sem risco de perder o mandato terá início no dia 3 de março e se estenderá até 1º de abril. Atualmente com 43 deputados, o PL, partido do presidente Jair Bolsonaro, projeta receber mais 30 parlamentares.
Imagem 1 -
FOTO: REPRODUÇÃO

COLUNA ESPLANADA

Leandro Mazzini e Walmor Parente

Com Carolina Freitas e Sara Moreira


BRASÍLIA, QUARTA-FEIRA, 16 DE FEVEREIRO DE 2022 - Nº 3287

Partidos debruçados na janela

A menos de 15 dias da abertura da chamada “janela partidária”, presidentes e líderes de legendas no Congresso intensificam convites e assédios para engordar suas respectivas bancadas. O período para que deputados federais, estaduais e distritais mudem de partido sem risco de perder o mandato terá início no dia 3 de março e se estenderá até 1º de abril. Atualmente com 43 deputados, o PL, partido do presidente Jair Bolsonaro, projeta receber mais 30 parlamentares.

Ranking

Se as previsões do partido se concretizarem, o PL será a maior bancada da Câmara a sete meses das eleições. O PSL e o PT, atualmente, têm o maior número de deputados: 55 e 53, respectivamente.

Corpo a corpo

No PP, a articulação para atrair deputados é feita pessoalmente pelo dono do partido, ministro Ciro Nogueira. Hoje com 42 deputados, o PP espera integrar mais 10 à bancada.

De ombros

Paulo Guedes dá de ombros para rumores de que não será chefe da Economia em um eventual segundo mandato de Jair Bolsonaro. Já recebeu mais de uma dúzia de pomposos convites da iniciativa privada.

Covaxin

O diretor-geral da Polícia Federal, Paulo Maiurino, terá que comparecer à Comissão de Fiscalização do Senado para prestar esclarecimentos sobre o inquérito que inocentou o presidente Jair Bolsonaro no caso da negociação para compra da vacina Covaxin.

Divergência

No requerimento aprovado, o senador Randolfe Rorigues (Rede-AP) sublinha que “as conclusões constantes do aludido relatório da Polícia Federal divergem significativamente daquilo que foi concluído pela CPI da Pandemia”.

Cai, não cai

Sérgio Camargo, presidente da Fundação Palmares, se meteu em mais uma encrenca ao chamar de vagabundo o congolês Moïse Kabamgale, assassinado no Rio. O Ministério Público pediu para a Procuradoria da República no Distrito Federal investigá-lo nas esferas civil, criminal e administrativa. Camargo também é alvo de ação para deixar o cargo.

“Filosofia política”

Minguaram as inscrições para a Academia MBL, que oferece “formação teórica e prática sobre debates, gestão, liderança, marketing, história e filosofia política”. O Movimento, que flertou com o clã Bolsonaro, se escora agora no pré-candidato e ex-juiz Sergio Moro.

La Putaria 1

A creperia La Putaria procurada pela Coluna se posicionou sobre crianças consumirem seus produtos em formatos de genitálias: “Sim, tem formas de órgãos genitais, mas ainda é comida. A maioria das pessoas vê como engraçado e novo. Cabe aos pais, avós e outras pessoas com mais de 18 anos decidirem se querem trazer alguém com menos de 18 anos”.

La Putaria 2

Ainda segundo o posicionamento da empresa, eles afirmam que “o Brasil é o nosso segundo mercado, estamos situados em Portugal e nunca tivemos questionamentos desse gênero por lá”. Por aqui, o Ministério Público de Minas Gerais apura se a creperia afronta o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Bronca

O deputado Rui Falcão (PT-SP) entrou com representação na PGR contra o ministro do Trabalho, Onyx Lorenzoni, e o presidente Jair Bolsonaro. A bronca se deu por conta de recente pronunciamento de rádio e TV. Para o petista, se trata de clara propaganda eleitoral antecipada.

Embaixadores do agro

O Brasil vai ganhar mais um adido agrícola, desta vez em Berlim, na Alemanha. É o que prevê o Decreto 10.963, assinado pelo presidente Jair Bolsonaro. Com isso, o país finca a bandeira do agronegócio em 24 países.

Poetisa

A atriz e poetisa Elisa Lucinda inicia hoje apresentações do Programa Pessoas que Transformam, uma iniciativa do Prêmio Espírito Público, com os vencedores e vencedoras de 2021. São histórias de pessoas que trabalham no serviço público brasileiro e transformam a realidade do país.

ESPLANADEIRA

# Supermercado Mundial, no Rio, oferece desconto em espumantes e vinho branco. # Gupy anuncia aquisição da Kenoby. # Orquestra Sinfônica Brasileira recebe selo Women on Board. # Rio Indústria articula ida a Brasília para pleitear construção do gasoduto da Rota 4B, na Baixada Fluminense. # BNDES promove dia 22 Demoday que encerra 1º ciclo de aceleração da BNDES Garagem. # Programa Ecoenel concede R$ 2 milhões em bônus nas faturas de energia dos clientes da Enel em 2021.

Notas

Relativa

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário