05 MAR 2024 | ATUALIZADO 18:32
ESTADO
03/03/2022 15:23
Atualizado
03/03/2022 17:43

RN atinge marca de 79% da população vacinada com duas doses contra a Covid19

A+   A-  
O resultado confere ao estado segundo os especialistas, uma situação de controle da crise do coronavírus. De acordo com o Laboratório de Inovação e Tecnologia em Saúde da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (LAIS/UFRN), o Estado tem 935 mil pessoas que estão com doses em atraso. Mossoró já atingiu 83% da população vacinada com pelo menos uma dose e 72% estão totalmente imunizadas contra a Covid. Já com a dose de reforço, somente 37% retornaram para completar o esquema vacinal.
Imagem 1 -

O Rio Grande do Norte atingiu a marca de 91% da população vacinada com pelo menos uma dose contra covid-19 e 79% dos potiguares imunizados com as duas doses da vacina. O resultado confere ao estado segundo os especialistas, uma situação de controle da crise do coronavírus.

A governadora Fátima Bezerra comemorou os números na sua rede social “Já começamos o dia com notícia boa! De acordo com LAIS, o RN já registra 91% de adultos vacinados com uma dose, e 79% com as duas. Além disso, já estamos há 3 dias sem óbitos por Covid. Vamos continuar nos cuidando e nos vacinando. Juntos venceremos”, escreveu Fátima.

De acordo com o coordenador do Laboratório de Inovação e Tecnologia em Saúde da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (LAIS/UFRN), Ricardo Valentim, o número revela a boa adesão dos potiguares a vacinação. “Noventa e um por cento está acima da expectativa. Isso nos confere uma segurança maior, um controle maior da pandemia. O que o Estado precisar focar agora é acelerar a vacinação com a D2. É preciso colocar como meta chegar a 85% da população com as duas doses. Esse é o índice de países que têm controlado a pandemia. O Estado deve também focar em atingir 50% da população com a D3 agora em março. São índices importantes para que a gente chegue em abril, maio, sem problema de repiques de novos casos”, explica Valentim.

Entretanto, o número de pessoas em atraso com o esquema vacinal completo, ou que não receberam nenhuma dose do imunizante, preocupa as autoridades sanitárias.

De acordo com o LAIS, o Estado tem 935 mil pessoas que estão com doses em atraso. Somando os atrasados da segunda dose (D2) e da dose de reforço (D3), o Estado registra quase um milhão de pessoas que não retornaram as unidades de saúde para colocar o esquema vacinal em dia. São 201 mil potiguares que não voltaram aos postos de imunização para receber a D2, enquanto que 734 mil estão com a D3 atrasada.

Em Mossoró, segundo o coordenador de imunizações Etevaldo de Lima, 18.510 pessoas estão em atraso com a segunda dose (D2) e 54.701 não tomaram a terceira dose (D3). E ainda faltam tomar a primeira dose, a partir de cinco ou mais idade, 31.378 mossoroenses.

A Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sesap) reforça o alerta para a vacinação. “Cada vez mais a campanha de imunização avança e é importante ir alcançando esses patamares de imunização. Porém, não podemos perder de vista a necessidade de tomar a segunda dose. A vacinação é uma estratégia de proteção coletiva, precisa que todos façam sua parte”, ressalta o secretário de Estado da Saúde Pública, Cipriano Maia.

Mossoró já atingiu 83% da população vacinada com pelo menos uma dose e 72% estão totalmente imunizadas contra a Covid. Já com a dose de reforço, somente 37% retornaram para completar o esquema vacinal.

Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário