29 JUN 2022 | ATUALIZADO 10:14
EDUCAÇÃO
04/03/2022 16:42
Atualizado
04/03/2022 16:42

Ufersa é a primeira universidade pública do Estado a retomar aulas presenciais

A+   A-  
As atividades com a presença dos estudantes foram retomadas nesta quinta-feira (3), após dois anos desde o início da pandemia da Covid-19. O retorno foi possível com base na nota 23, emitida no dia 23 de fevereiro, pelo Comitê Permanente de Biossegurança da UFERSA, que recomendava a retomada das aulas presenciais. A alegação teve como base os indicadores epidemiológicos como queda da taxa de transmissibilidade, ocupação de leitos e número absoluto de casos da Covid-19 nas últimas duas semanas.
Imagem 1 -
FOTO: RACHEL AMORIM

Após dois anos desde o início da pandemia da Covid-19, a Universidade Federal Rural do Semi Árido (UFERSA) reabriu suas portas nesta quinta-feira, 3.

Depois do período difícil e desafiador de ensino remoto, a instituição se preparou para o retorno gradual e seguro que foi tão aguardado pelos estudantes. A UFERSA é a primeira universidade pública do Estado a retornar suas aulas presenciais.

O cearense Dorico Germano está nos últimos períodos do curso de Engenharia Florestal e voltou à universidade tendo aulas práticas. Para ele, o ensino remoto foi muito capacitado, e ainda morando em fóruns, se mostrou a favor das aulas presenciais do aluno.

“Eu fui a favor, porque não aguentava mais estar em casa. Apesar de não morar aqui, eu prefiro estar perto da universidade, dá um incentivo maior para uma pessoa estudar”, conta.

Vitor Araú é de outra cidade e expõe suas impressões também sobre o primeiro dia de retorno. “Eu já cheguei a fazer a paz durante a pandemia por causa dos projetos algumas visitas, mas por enquanto estou achando bem tranquilo”, afirmou.

Apesar de existir pouco movimento, os alunos não procurarão sem existir, e o aluno usará máscara, além de carregar o próprio álcool em gel.

Há também quem está vindo da universidade pela primeira vez, como é o caso de Matheus Gomes. O estudante de Ecologia começou o curso em 2020 quando a pandemia da Covid-19 no início e por isso está animado para conhecer a UFERSA. Ele também foi a favor do retorno presencial, mas entende que o momento é delicado.

“Eu sou mais a favor agora que tomei a vacina e que tenho certeza de que a maioria da minha turma também já tomou vacina, mas se for necessário voltar ao ensino remoto eu não serei contra”, pondera Matheus.

No último dia 23 de fevereiro o Comitê Permanente de Biometria da UFERSA emitiu a nota 23 que recomendava o exame presencial.

A alegação teve como base os indicadores epidemiológicos como queda da taxa de transmissibilidade, ocupação de leitos e número absoluto de casos da Covid-19 nas últimas duas semanas.


Notas

UNP 27 de junho de 2022

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário