12 AGO 2022 | ATUALIZADO 15:37
POLÍTICA
ANNA PAULA BRITO
24/06/2022 10:46
Atualizado
24/06/2022 10:53

Laudo conclui que idosa sofreu abuso sexual antes de ser assassinada em Baraúna

A+   A-  
Adalgisa Fagundes Neves, de 61 anos, natural de Itaú, foi encontrada caída, com diversas lesões pelo corpo, na chamada Rua da Valeta, em Baraúna, por volta das 3h do dia 23 de maio. A idosa entrou em óbito por volta das 17h do mesmo dia, no HRTM, em Mossoró, para onde foi socorrida. O suspeito do crime, Matheus Mangueira da Silva, de 23 anos, foi identificado 3 dias depois e encontra-se foragido. Na época, o titular da delegacia de Baraúna, delegado Luiz Fernando, solicitou exames de conjunção carnal, para averiguar se ela também havia sido vítima de estupro. O laudo comprovando mais este crime, saiu nesta quinta-feira, 23 de junho.
Imagem 1 -
FOTO: REPRODUÇÃO

Exatos 30 dias após o crime, o laudo do exame de conjunção carnal, realizado pelo Itep, comprovou que Adalgisa Fagundes Neves, de 61 anos, sofreu abuso sexual antes de ser brutalmente espancada, fato que a levou a óbito, no dia 23 de maio de 2022.

No dia em questão, a idosa foi encontrada caída, com diversas lesões pelo corpo, na chamada Rua da Valeta, em Baraúna, por volta das 3h. Ela entrou em óbito por volta das 17h do mesmo dia, no Hospital Regional Tarcísio Maia, em Mossoró, para onde foi socorrida.

Na época, o titular da delegacia de Baraúna, delegado Luiz Fernando, confirmou que Adalgisa sofreu traumatismo craniano e solicitou o exame de conjunção carnal, para averiguar se ela também havia sido vítima de estupro, fato que se comprovou nesta quinta-feira, 23 de junho.

O suspeito do crime, Matheus Mangueira da Silva, de 23 anos, foi identificado 3 dias depois. Ele é natural do município de Cícero Dantas/BA, e trabalhava em uma linha de transmissão de uma empresa de energia com sede em Baraúna.

De acordo com o delegado Luiz Fernando, a Polícia Civil de Mossoró já entrou em contato com a Polícia Civil da Bahia, para ajudar na captura do suspeito, que no momento encontra-se foragido.



Notas

UNP 27 de junho de 2022

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário