19 JUN 2024 | ATUALIZADO 09:17
MOSSORÓ
ANNA PAULA BRITO
23/02/2023 11:25
Atualizado
23/02/2023 11:25

Família faz campanha para comprar cadeira adaptada para bebê de 1 ano e 7 meses com doença congênita

A+   A-  
O pequeno Theo Vinicius Gomes Filgueira nasceu com Hérnia Diafragmática Congênita, problema causado por um orifício no diafragma ou pela ausência do diafragma, que faz com que os órgãos localizados no abdômen movem-se para a área do peito. O menino também é traqueostomizado e utiliza um aparelho chamado Bipap, que o ajuda a respirar. Theo passou boa parte dos seus 1 ano e 7 meses internado e agora, para ajudar a melhorar sua qualidade de vida, os pais dele, Juliana Gomes Trajano e Vagner de Lima Filgueira, precisam juntar a quantia de R$ 6 mil para adquirir uma cadeira adaptada às necessidades da criança. Os interessados podem ajudar por meio do PIX CPF 08749458442, em nome da mãe Juliana.
Imagem 1 -  Família faz campanha para comprar cadeira adaptada para bebê de 1 ano e 7 meses com doença congênita. O pequeno Theo Vinicius Gomes Filgueira nasceu com Hérnia Diafragmática Congênita, problema causado por um orifício no diafragma ou pela ausência do diafragma, que faz com que os órgãos localizados no abdômen movem-se para a área do peito. O menino também é traqueostomizado e utiliza um aparelho chamado Bipap, que o ajuda a respirar. Theo passou boa parte dos seus 1 ano e 7 meses internado e agora, para ajudar a melhorar sua qualidade de vida, os pais dele, Juliana Gomes Trajano e Vagner de Lima Filgueira, precisam juntar a quantia de R$ 6 mil para adquirir uma cadeira adaptada às necessidades da criança. Os interessados podem ajudar por meio do PIX CPF 08749458442, em nome da mãe Juliana.
Família faz campanha para comprar cadeira adaptada para bebê de 1 ano e 7 meses com doença congênita. O pequeno Theo Vinicius Gomes Filgueira nasceu com Hérnia Diafragmática Congênita, problema causado por um orifício no diafragma ou pela ausência do diafragma, que faz com que os órgãos localizados no abdômen movem-se para a área do peito. O menino também é traqueostomizado e utiliza um aparelho chamado Bipap, que o ajuda a respirar. Theo passou boa parte dos seus 1 ano e 7 meses internado e agora, para ajudar a melhorar sua qualidade de vida, os pais dele, Juliana Gomes Trajano e Vagner de Lima Filgueira, precisam juntar a quantia de R$ 6 mil para adquirir uma cadeira adaptada às necessidades da criança. Os interessados podem ajudar por meio do PIX CPF 08749458442, em nome da mãe Juliana.
FOTO: CEDIDA/AUTORIZADA PELA MÃE

A família do pequeno Theo Vinicius Gomes Filgueira, de apenas 1 ano e 7 meses, está realizando uma campanha solidária para arrecadar a quantia de R$ 6 mil e garantir uma cadeira adaptada para melhorar as condições de vida e locomoção do menino.

Theo nasceu com uma má formação chamada Hérnia Diafragmática Congênita, um defeito congênito causado por um orifício no diafragma ou pela ausência do diafragma. Devido a isto, os órgãos (podem incluir o estômago, o baço, os intestinos e o fígado) localizados no abdômen movem-se para a área do peito.

Tendo detectado o problema ainda no útero, a família, que é de Mossoró, precisou seguir para Fortaleza, onde Juliana Gomes Trajano deu à luz, visto que em Mossoró não havia estrutura de UTI para atender o caso de Theo.

Logo ao nascer, ele precisou ser imediatamente internado, tendo permanecido na UTI pelos seus primeiros seis meses de vida. Após três meses de alta hospitalar, quando a família já havia retornado à Mossoró, Theo adquiriu uma pneumonia e voltou a ser internado, precisando passar por uma traqueostomia.

Hoje, com 1 ano e 7 meses, Theo vive traqueostomizado e utiliza um aparelho chamado Bipap, que simula a respiração natural e o ajuda a ter uma melhor qualidade de vida.

Juliana explicou à reportagem do MOSSORÓ HOJE, que Theo também foi diagnosticado com uma síndrome rara, que os médicos ainda não conseguiram descobrir de qual se trata, necessitando de um exame mais detalhado. Este, porém, não é fornecido pelo SUS e, no momento, a família não dispõe do valor para realizá-lo.

Além destes problemas, ele também tem paralisia cerebral leve e o tempo em que passou internado dificultou seu desenvolvimento, por isso a necessidade de aquisição da cadeira, que irá melhorar a sua locomoção juntamente com os aparelhos que ele utiliza constantemente.

“Muito tempo de UTI, ele é bem molinho, agora que está começando a se sentar. Então essa cadeira é para ajudar a locomover ele, ela é adaptada para colocar os aparelhos que ele usa e locomover ele pros cantos. Ela também ajuda a ajeitar a postura dele, porque ele fica sempre na cama aqui em casa e ele se mexe muito, então eu tenho medo dele cair. Com a cadeira, podemos colocar ele sentado sem risco”, explicou Juliana.

Os interessados podem ajudar a família a melhorar a qualidade de vida do pequeno Theo, podem fazer doações por meio do PIX CPF 08749458442, em nome da mãe Juliana Gomes Trajano.


Notas

Relativa

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário