22 MAI 2024 | ATUALIZADO 23:42
ESTADO
16/11/2023 11:21
Atualizado
16/11/2023 11:21

Cosern orienta sobre segurança e economia de energia na montagem da decoração natalina

A+   A-  
“É importante que todos sigam as orientações de segurança, principalmente quem tem criança pequena em casa, para que não ocorram incidentes. As luzes natalinas devem ser sempre testadas antes de serem colocadas nas árvores e guirlandas para que qualquer risco seja prontamente sanado. Cuidado ao reaproveitar decoração de um ano para o outro, principalmente aquelas movidas a energia elétrica”, destaca o engenheiro eletricista da Neoenergia Cosern, Carlos Augusto Câmara; confira outras dicas.
Imagem 1 -  Cosern orienta sobre segurança e economia de energia na montagem da decoração natalina. “É importante que todos sigam as orientações de segurança, principalmente quem tem criança pequena em casa, para que não ocorram incidentes. As luzes natalinas devem ser sempre testadas antes de serem colocadas nas árvores e guirlandas para que qualquer risco seja prontamente sanado. Cuidado ao reaproveitar decoração de um ano para o outro, principalmente aquelas movidas a energia elétrica”, destaca o engenheiro eletricista da Neoenergia Cosern, Carlos Augusto Câmara; confira outras dicas.
Cosern orienta sobre segurança e economia de energia na montagem da decoração natalina. “É importante que todos sigam as orientações de segurança, principalmente quem tem criança pequena em casa, para que não ocorram incidentes. As luzes natalinas devem ser sempre testadas antes de serem colocadas nas árvores e guirlandas para que qualquer risco seja prontamente sanado. Cuidado ao reaproveitar decoração de um ano para o outro, principalmente aquelas movidas a energia elétrica”, destaca o engenheiro eletricista da Neoenergia Cosern, Carlos Augusto Câmara; confira outras dicas.

O clima natalino já está tomando conta do comércio e das residências na maioria das cidades potiguares. Para que o brilho das luzes não seja apagado pela alta na conta de luz ou por qualquer incidente envolvendo a instalação dos equipamentos, a Neoenergia Cosern montou um guia com dicas de economia e orientações de segurança.

“É importante que todos sigam as orientações de segurança, principalmente quem tem criança pequena em casa, para que não ocorram incidentes. As luzes natalinas devem ser sempre testadas antes de serem colocadas nas árvores e guirlandas para que qualquer risco seja prontamente sanado. Cuidado ao reaproveitar decoração de um ano para o outro, principalmente aquelas movidas a energia elétrica”, destaca o engenheiro eletricista da Neoenergia Cosern, Carlos Augusto Câmara.

O consumidor deve ficar atento às questões de segurança a partir da escolha de um dos itens mais comuns do período natalino: o pisca-pisca. Na embalagem do acessório, deve constar informações sobre a potência, tensão e instruções de uso. Isso garantirá maior confiabilidade. A opção por lâmpadas LED é mais segura e mais econômica, pois elas aquecem menos e utilizam menos energia do que as convencionais.

A iluminação deve ser instalada por pessoas que estejam secas e calçadas. Além disso, é importante se certificar de que o pisca-pisca esteja desconectado da energia durante o manuseio. Ele só deve ser ligado após a conclusão da montagem. Caso a pessoa queira mudar algo na decoração natalina, como a posição do pisca-pisca, deve primeiro desconectar da tomada, fazer a alteração, e só então ligar novamente.

Outra orientação é evitar o uso de enfeites feitos de papel, cartolina, algodão, lã e palhas seca, pois, em caso de curto-circuito, eles podem produzir fogo mais facilmente. Pelo mesmo motivo, dê preferência para as árvores que possuem o aviso de 'resistente ao fogo' para diminuir as chances de acidentes. Aliado a isso, é importante saber escolher a árvore. A maior parte delas é feita de materiais como plástico e metal – importante condutor de energia. Caso haja alguma falha no pisca-pisca, ele pode energizar toda a decoração.

Orientações de segurança

- Revise as instalações elétricas da residência com auxílio de um profissional antes de realizar a montagem da decoração. Isso evita sobrecarga e a possível queima de eletrodomésticos, além de acidentes;

- Dê preferência a árvores de Natal fabricadas com material resistente ao fogo e aos enfeites natalinos certificados pelo INMETRO;

- Utilize um filtro de linha para ligar mais de uma tomada elétrica da árvore, presépios e outros itens da decoração e evite o uso, mesmo que de forma provisória, dos chamados “T" (benjamins);

- Monte a parte elétrica da decoração longe de materiais com risco inflamável, tais como tecidos de cortinas, papelão, fibras e isopor e afaste os fios de estruturas de metal, pois elas são condutoras de corrente elétrica que podem provocar acidentes;

- Nunca desligue aparelhos elétricos puxando pelo cabo ou fiação. Para desligá-los da tomada, utilize o plugue;

- Não permita que as crianças ou animais toquem na decoração natalina quando ela estiver ligada, pois há risco de choque elétrico;

- Nas áreas externas das residências, redobre o cuidado durante a instalação e retirada de pisca-piscas tanto para prevenir choques elétricos e evitar o risco de quedas. Exposta à ação do sol, chuva e do calor, a fiação fica mais vulnerável e a possível presença de água potencializa os riscos de choque elétrico – por isso ela só deve ser montada e retirada com o disjuntor da residência desligado;

- Não instale enfeites natalinos próximo aos postes, fios ou medidores da Neoenergia Cosern não faça ligações clandestinas de energia (o popular “gato") para acender a decoração externa em ruas. Além de colocar a vida de quem faz e de quem está próximo em risco, o “gato" é crime, pode provocar a queima de eletrodomésticos e curtos-circuitos que podem apagar o brilho dos festejos natalinos;

- Em caso de acidente, deligue imediatamente o disjuntor da residência e só depois preste socorro. Ligue para o SAMU (192) e Neoenergia Cosern (116).

Dicas de economia

- Fique de olho no consumo de energia elétrica da decoração natalina e evite deixar a luzes acesas durante ou dia, ao sair de casa ou depois de dormir;

- Observe as informações sobre a potência (W – watts) dos produtos contida nas embalagens. Um conjunto padrão de 100 micro-lâmpadas com 50 W de potência, por exemplo, consome 16,5 kWh/mês se for ligado por 11 horas diárias. Se esse mesmo conjunto for ligado durante 5 horas, das 19h à meia-noite, por exemplo, o consumo diminui para 7,5 kWh/mês;

- Dê preferência às lâmpadas de LED, mais eficientes, brilhantes e com maior durabilidade do que as convencionais. O consciente de consumo de energia elétrica evita desperdícios e reduz o valor na conta de luz.​


Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário