17 JUN 2024 | ATUALIZADO 17:27
NACIONAL
POR LEANDRO MAZZINI COM WALMOR PARENTE, CAROL PURIFICAÇÃO E TOM CAMILO
15/02/2024 08:42
Atualizado
15/02/2024 08:43

[COLUNA ESPLANADA] Lewandowski enfrenta primeira crise após assumir o Ministério da Justiça

A+   A-  
Mal tomou posse, o ministro da Justiça, Ricardo Lewandowski, já vai ter dor de cabeça. O deputado Rodolfo Nogueira (PL-MS) vai apresentar um requerimento para convocá-lo para prestar esclarecimentos sobre a fuga no presídio federal de segurança máxima de Mossoró (RN). Há uma semana, a Secretaria Nacional de Políticas Penais, vinculada ao MJ, deu início a uma campanha na qual enaltece as penitenciárias federais. As peças promovidas informam que integrantes do Grupo de Ações Especiais Penitenciárias permanece em alerta “para atuar nas ações especializadas de altíssimo risco que envolvam a possibilidade de resgate e fuga de presos”. Há cinco presídios federais no Brasil, atualmente: Catanduvas (PR), Campo Grande (MS), Brasília (DF), Porto Velho (RO) e Mossoró, de onde os dois presos fugiram.
Imagem 1 -  [COLUNA ESPLANADA] Mal tomou posse, o ministro da Justiça, Ricardo Lewandowski, já vai ter dor de cabeça. O deputado Rodolfo Nogueira (PL-MS) vai apresentar um requerimento para convocá-lo para prestar esclarecimentos sobre a fuga no presídio federal de segurança máxima de Mossoró (RN). Há uma semana, a Secretaria Nacional de Políticas Penais, vinculada ao MJ, deu início a uma campanha na qual enaltece as penitenciárias federais. As peças promovidas informam que integrantes do Grupo de Ações Especiais Penitenciárias permanece em alerta “para atuar nas ações especializadas de altíssimo risco que envolvam a possibilidade de resgate e fuga de presos”. Há cinco presídios federais no Brasil, atualmente: Catanduvas (PR), Campo Grande (MS), Brasília (DF), Porto Velho (RO) e Mossoró, de onde os dois presos fugiram.
[COLUNA ESPLANADA] Mal tomou posse, o ministro da Justiça, Ricardo Lewandowski, já vai ter dor de cabeça. O deputado Rodolfo Nogueira (PL-MS) vai apresentar um requerimento para convocá-lo para prestar esclarecimentos sobre a fuga no presídio federal de segurança máxima de Mossoró (RN). Há uma semana, a Secretaria Nacional de Políticas Penais, vinculada ao MJ, deu início a uma campanha na qual enaltece as penitenciárias federais. As peças promovidas informam que integrantes do Grupo de Ações Especiais Penitenciárias permanece em alerta “para atuar nas ações especializadas de altíssimo risco que envolvam a possibilidade de resgate e fuga de presos”. Há cinco presídios federais no Brasil, atualmente: Catanduvas (PR), Campo Grande (MS), Brasília (DF), Porto Velho (RO) e Mossoró, de onde os dois presos fugiram.

COLUNA ESPLANADA

Leandro Mazzini

com Walmor Parente, Carol Purificação e Tom Camilo


BRASÍLIA, QUINTA-FEIRA, 15 DE FEVEREIRO DE 2024 - Nº 3.815

Primeira crise

Mal tomou posse, o ministro da Justiça, Ricardo Lewandowski, já vai ter dor de cabeça. O deputado Rodolfo Nogueira (PL-MS) vai apresentar um requerimento para convocá-lo para prestar esclarecimentos sobre a fuga no presídio federal de segurança máxima de Mossoró (RN). Há uma semana, a Secretaria Nacional de Políticas Penais, vinculada ao MJ, deu início a uma campanha na qual enaltece as penitenciárias federais. As peças promovidas informam que integrantes do Grupo de Ações Especiais Penitenciárias permanece em alerta “para atuar nas ações especializadas de altíssimo risco que envolvam a possibilidade de resgate e fuga de presos”. Há cinco presídios federais no Brasil, atualmente: Catanduvas (PR), Campo Grande (MS), Brasília (DF), Porto Velho (RO) e Mossoró, de onde os dois presos fugiram.

Valdemar avisa

Por trás da pressão para que Valdemar da Costa Neto se afaste da presidência do PL está o fundo eleitoral (R$ 864 milhões) que o partido terá neste ano. Depois de deixar a cadeia, o cacique foi para São Paulo e avisou aos mais próximos que não se afastará. Ele também se manteve à frente da sigla - à época PR – quando foi condenado no mensalão.


Hum, tá bom..

Presidente do Republicanos, o deputado Marcos Pereira (SP) reafirma que o partido, que comanda o Ministério de Portos e Aeroportos, se mantém “independente”. Cotado para suceder Arthur Lira (PP-AL), o parlamentar ensaia a candidatura - alinhada ao Planalto - pregando: “Nosso papel é dialogar até mesmo com quem pensa diferente de nós”.

Atraso & descaso

Servidores de várias escolas da rede estadual de ensino em Campina Grande (PB) decidiram cruzar os braços após a empresa Alerta Serviços – do candidato do Republicanos à prefeitura de São João do Cariri (PB), Shigeaki Maracajá – atrasar salários. Mais de 2 mil trabalhadores vêm sendo afetados pelo descaso da empresa, que não apresentou nenhuma justificativa para a situação.

Petróleo hostil

O presidente Lula da Silva confirmou que irá à Guiana para a cúpula da Comunidade dos Estados do Caribe (Caricom), em 28 de fevereiro. O encontro será realizado em meio ao clima hostil e à disputa entre Guiana e Venezuela pela região conhecida como Essequibo, na fronteira entre os dois países, riquíssima em reservas de petróleo.

Ritmo eco

A Embalixo investiu na conscientização dos foliões de São Paulo e usou uma tecnologia de ponta para transformar plásticos retirados do mar em sacos de lixo ultra resistentes. No Brasil, são descartadas cerca de 250 toneladas de plástico por ano. A campanha da Embalixo deste ano foi“Neste Carnaval, Lixo é no Lixo. Vem com a Embalixo Neste Ritmo”.

ESPLANADEIRA

# Qintess abre vagas de TI e Administração em Brasília, Porto Alegre, Florianópolis, São Paulo e Bogotá. # Banco Mercantil encerra 2023 com lucro líquido anual de R$ 421 milhões. # Carrefour reduz 30% de incidentes com a implementação de bodycams. # Bradesco Saúde cresce 74% no número de segurados de produtos regionais no DF. # Aline Torres, da SMC-SP, desenvolve ações em prol das minorias. # Ava GalleriaVarkaus apresenta exposição "EncertArt", com curadoria de Edson Cardoso.

Notas

Relativa

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário