13 ABR 2024 | ATUALIZADO 13:43
MOSSORÓ
21/02/2024 20:14
Atualizado
21/02/2024 22:07

Prefeito inicia rodovia interligando a BR 110 a 304 e diz que tem outras 40 para começar

A+   A-  
O investimento na obra será superior a R$ 67 milhões. A rodovia terá 8 quilômetros, sendo que 3 a leste e 5 a oeste. A ponte sob o rio Mossoró terá 140 metros. A ciclovia e o calçadão serão iluminados com led. No trecho de alagamar, será necessário fazer um paredão de 5 metros. A obra vai desafogar o trânsito de carros pesados do Centro de Mossoró e valorizar toda a região norte de Mossoró. Na assinatura da ordem de serviço da obra, o prefeito Allyson Bezerra agradeceu ao povo que o elegeu, aos secretários, vereadores e a Justiça, por agilizar os processos.
Imagem 1 -  O investimento na obra será superior a R$ 67 milhões. A rodovia terá 8 quilômetros, sendo que 3 a leste e 5 a oeste.  A ponte sob o rio Mossoró terá 140 metros. A ciclovia e o calçadão serão iluminados com led. No trecho de alagamar, será necessário fazer um paredão de 5 metros. A obra vai desafogar o trânsito de carros pesados do Centro de Mossoró e valorizar toda a região norte de Mossoró.  Na assinatura da ordem de serviço da obra, o prefeito Allyson Bezerra agradeceu ao povo que o elegeu, aos secretários, vereadores e a Justiça, por agilizar os processos.
O investimento na obra será superior a R$ 67 milhões. A rodovia terá 8 quilômetros, sendo que 3 a leste e 5 a oeste. A ponte sob o rio Mossoró terá 140 metros. A ciclovia e o calçadão serão iluminados com led. No trecho de alagamar, será necessário fazer um paredão de 5 metros. A obra vai desafogar o trânsito de carros pesados do Centro de Mossoró e valorizar toda a região norte de Mossoró. Na assinatura da ordem de serviço da obra, o prefeito Allyson Bezerra agradeceu ao povo que o elegeu, aos secretários, vereadores e a Justiça, por agilizar os processos.

Ao assinar a ordem de serviço para construir a rodovia para interligar as BRs e 304, o prefeito Allyson Bezerra disse: “Temos outras 40 obras para iniciar nos próximos dias”.

Sobre a obra que completa o anel viário de Mossoró, o orçamento ficou em R$ 67 milhões. Serão 8 km de rodovia com ciclovia, iluminada e uma ponte no Rio Mossoró.

A assinatura da ordem de serviço aconteceu no final da tarde desta quarta-feira, 21, nas margens da BR 110, saída para o município de Areia Branca-RN.

“Estou feliz, porque não é todo dia que um filho de pobre tem condições de ser engenheiro, terminar prefeito e poder fazer uma obra tão importante quanto esta”, diz o prefeito Allyson.

O gestor primeiro chamou os secretários para o palanque, falando da importância do trabalho de cada um. Depois citou as instituições que foram cruciais, como DNIT e IDEMA.

A rodovia terá 5 quilômetros a oeste do Rio Mossoró, e 3 quilômetros a leste. “Esta ponte aqui, que vai ser inaugurada por vocês, terá 140 metros”, diz o prefeito.

Ainda segundo o prefeito Allyson Bezerra, a rodovia terá uma ciclovia e calçadão para caminhadas iluminados. Também terá um paredão de 5 metros na região de alagamar.


Destacou ainda, que toda a região norte da cidade de Mossoró, incluindo bairros como Santa Helena, será valorizada. “A empresa está ciente que a gente quer celeridade”, diz o gestor.

Outro benefício, é retirar da área urbana de Mossoró, as carretas pesadas com sal e estruturas de torres eólicas, que se deslocam de Mossoró para Serra do Mel e Areia Branca.

O senador Rogério Marinho, que conseguiu alocar 40 milhões. Pediu salva de palmas para o presidente da Câmara, Lawrence Amorim, em nome de todos os demais.

“Quero agradecer a cada um dos 15 vereadores que votaram a favor deste projeto. É para vocês verem que tem muito que dá de positivo ao povo”, destaca o prefeito.

Lembrou que quando falava nesta obra, era ouvido com desconfiança, mas lembrou que Dr. Genivan Josué Batista, de o grupo A Construtora, acreditava em seu projeto.

Após agradecer ao povo por ter lhe dado a oportunidade de ser prefeito, aos secretários, aos vereadores, Allyson Bezerra também dirigiu agradecemos aos desembargadores e juízes, que segundo ele, todos eles deram celeridade nos processos de desapropriação para que a obra fosse iniciada e concluída no prazo previsto no contrato.

Sobre as outras 40 obras, o prefeito Destacou que se trata de calçamento de ruas, construção de unidades básicas de saúde, as pontes de acesso ao Grande Alto São Manoel, entre outras.


Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário