13 ABR 2024 | ATUALIZADO 13:43
POLÍCIA
ANNA PAULA BRITO
22/02/2024 10:14
Atualizado
22/02/2024 10:15

TJP julga acusada de matar moradora de rua a facadas em um posto de combustíveis

A+   A-  
O júri popular de Ana Paula Batista da Costa, conhecida como “Nega Paula”, de 33 anos, está acontecendo na manhã desta quinta-feira (22), no Fórum Municipal Desembargador Silveira Martins, em Mossoró. O crime aconteceu no dia 29 de junho de 2023. A vítima, Joana Darc de Araújo Mendonça, foi esfaqueada nas proximidades de uma conveniência de um Posto de Gasolina, no bairro do Alto de São Manoel, em Mossoró. A motivação do crime teria sido uma discussão ocorrida poucos minutos antes, entre a vítima e a acusada, por conta de um desentendimento a respeito de um programa.
Imagem 1 -  TJP julga acusada de matar moradora de rua a facadas em um posto de combustíveis. O júri popular de Ana Paula Batista da Costa, conhecida como “Nega Paula”, de 33 anos, está acontecendo na manhã desta quinta-feira (22), no Fórum Municipal Desembargador Silveira Martins, em Mossoró. O crime aconteceu no dia 29 de junho de 2023. A vítima, Joana Darc de Araújo Mendonça, foi esfaqueada nas proximidades de uma conveniência de um Posto de Gasolina, no bairro do Alto de São Manoel, em Mossoró. A motivação do crime teria sido uma discussão ocorrida poucos minutos antes, entre a vítima e a acusada, por conta de um desentendimento a respeito de um programa.
TJP julga acusada de matar moradora de rua a facadas em um posto de combustíveis. O júri popular de Ana Paula Batista da Costa, conhecida como “Nega Paula”, de 33 anos, está acontecendo na manhã desta quinta-feira (22), no Fórum Municipal Desembargador Silveira Martins, em Mossoró. O crime aconteceu no dia 29 de junho de 2023. A vítima, Joana Darc de Araújo Mendonça, foi esfaqueada nas proximidades de uma conveniência de um Posto de Gasolina, no bairro do Alto de São Manoel, em Mossoró. A motivação do crime teria sido uma discussão ocorrida poucos minutos antes, entre a vítima e a acusada, por conta de um desentendimento a respeito de um programa.

Ana Paula Batista da Costa, conhecida como “Nega Paula”, de 33 anos, está sendo julgada nesta quinta-feira (22), pelo homicídio de Joana Darc de Araújo Mendonça.

O crime aconteceu no dia 29 de junho de 2023. A vítima foi esfaqueada nas proximidades de uma conveniência de um Posto de Gasolina, no bairro do Alto de São Manoel, em Mossoró.

A motivação do homicídio teria sido uma discussão ocorrida poucos minutos antes, entre a vítima e a acusada, por conta de um desentendimento a respeito de um programa.

Na época do crime, após ser presa e ouvida na Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Mossoró, Ana Paula confessou que esfaqueou a vítima, mas alegou legítima defesa.

Afirmou que estava bebendo com uns amigos, quando a vítima chegou provocando ela e que, inclusive, teria ferido sua perna com um canivete.

No entanto, no inquérito policial consta que a vítima foi “surpreendida pela agressão

inesperada de NEGA PAULA e ainda desarmada, sequer dispunha de um meio capaz de

auxiliar em sua defesa”.

A promotoria deverá pedir a condenação da ré pelo crime de homicídio qualificado, tendo sido cometido por motivação fútil e sem chances de defesa da vítima.

O júri popular de Ana Paula está acontecendo no Fórum Municipal Desembargador Silveira Martins, em Mossoró. A sessão foi iniciada por volta das 9h30, com o sorteio do corpo de jurados, realizado pelo Juiz Vagnos Kelly Figueiredo de Medeiros.

A defesa da ré está sendo realizada pela advogada Clívia Maria Duarte. Já o Ministério Público do Estado é representado pelo promotor Ítalo Moreira Martins.


Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário