24 SET 2020 | ATUALIZADO 18:36
CONCURSOS
Da redação
23/12/2015 06:57
Atualizado
13/12/2018 10:43

INSS abre concurso com 950 vagas; 20 para o RN com salários de R$4,9 mil

A+   A-  
Inscrições podem ser feitas a partir do dia 4 de janeiro de 2016 até 22 de fevereiro. No RN, vagas imediatas são para nível médio, e há também cadastro de reserva para o nível superior.
Imagem 1 -  INSS abre concurso com 950 vagas; 20 para o RN com salários de R$4,9 mil
Divulgação/INSS

Depois de um longo período de espera, foi publicado nesta quarta-feira (23),o edital para o concurso do INSS. Estão sendo oferecidas 150 vagas para o cargo de Analista do Seguro Social e 800 para Técnico do Seguro Social. A banca organizadora é o Cespe.

Para o RN, estão sendo ofertadas 20 vagas para as Gerências de Mossoró e Natal. Todas as vagas são para técnico. Para o cargo de analista, há cadastro de reserva.

As inscrições deverão ser feitas exclusivamente através do site http://www.cespe.unb.br/concursos/inss_2015, no período entre 10h do dia 4 de janeiro de 2016 e 23h59m do dia 22 de fevereiro de 2016, observado o horário oficial de Brasília/DF. As taxas são de R$80,00 para analista e R$65,00 para técnico.

Confira o edital AQUI

Para o cargo de analista é necessário diploma devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Serviço Social, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), e registro no órgão de classe específico.

Já para o cargo de técnico, é exigido certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo segundo grau) ou curso técnico equivalente, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC.

Os vencimentos para analista são de R$ 7.496,09, correspondente à remuneração bruta, já incluído Vencimento Básico, GAE (Gratificação de Atividade Executiva) e GDASS (Gratificação de Desempenho de Atividade do Seguro Social), para o cargo de cargo de auxiliar.

Para o cargo de técnico a remuneração é de até R$ 4.886,87, correspondente à remuneração bruta, já incluído Vencimento Básico, GAE (Gratificação de Atividade Executiva) e GDASS (Gratificação de Desempenho de Atividade do Seguro Social).

Ambos os cargos devem cumprir 40 horas semanais de trabalho.

As provas serão aplicadas na data provável de 15 de maio de 2016 e a avaliação será feita mediante exame de habilidades e conhecimentos através da aplicação de provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório.

A prova objetiva para os dois cargos será composta de 50 questões de Conhecimentos Básicos e 70 questões de Conhecimentos Específicos. A prova de Analista (nível superior) será no turno da manhã e a prova de Técnico (nível médio) no turno da tarde. Ambas terão duração de 3h30 minutos.

Locais da Prova

Os locais de realização das provas serão os seguintes: AC – Rio Branco; AL – Maceió; AM – Manaus e Tefé; AP – Macapá; BA – Barreiras, Feira de Santana, Itabuna, Juazeiro, Salvador, Santo Antônio de Jesus e Vitória da Conquista; CE – Fortaleza, Juazeiro do Norte e Sobral; DF – Brasília; ES – Vi t ó r i a; GO  – Anápolis e Goiânia; MA –  Imperatriz e São Luís; MG – Barbacena, Belo Horizonte, Contagem, Diamantina, Divinópolis, Governador Valadares, Juiz de Fora, Montes Claros, Ouro Preto, Poços de Caldas, Teófilo Otoni, Uberaba, Uberlândia e Varginha; MS – Campo Grande e Dourados; MT – Cuiabá e Sinop; Pará – Belém, Marabá e Santarém; PB – Campina Grande e João Pessoa; Pernambuco – Caruaru, Garanhuns, Petrolina, e Recife; Piauí – Teresina; PR – Cascavel, Curitiba, Londrina, Maringá e Ponta Grossa; RJ – Campos, Duque de Caxias, Niterói, Petrópolis, Rio de Janeiro e Volta Redonda; RN – Mossoró e Natal; RO – Porto Velho; RR – Boa Vista; RS – Canoas, Caxias do Sul, Ijuí, Novo Hamburgo, Passo Fundo, Pelotas, Porto Alegre, Santa Maria e Uruguaiana; SC – Blumenau, Chapecó, Criciúma, Florianópolis e Joinville; SE – Aracaju; SP – Araçatuba, Araraquara, Bauru, Campinas, Guarulhos, Jundiaí, Marília, Osasco, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santo André, Santos, São Bernardo do Campo, São João da Boa Vista, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo, Sorocaba e Taubaté; TO  – Palmas.

Cabe ao Técnico do Seguro Social: realizar atividades internas e externas relacionadas ao planejamento, à organização e à execução de tarefas de competências constitucionais e legais do INSS que não demandem formação profissional específica; coletar informações, executar pesquisas, levantamentos e controles, emitir relatórios e pareceres; e exercer, mediante designação da autoridade competente, outras atividades relacionadas às finalidades institucionais do INSS, além das atividades comuns mencionadas no subitem 2.3 do edital.

Já as atribuições do Analista do Seguro Social incluem:  prestar atendimento e acompanhamento aos usuários dos serviços prestados pelo INSS nas Agências da Previdência Social – APS e aos seus servidores, aposentados e pensionistas; elaborar, executar, avaliar planos, programas e projetos na área de Serviço Social e Reabilitação Profissional; supervisionar e homologar os programas profissionais realizados por terceiros ou instituições conveniadas; realizar avaliação social para fins de concessão de direitos previdenciários e benefícios assistenciais; promover estudos sociais e socioeconômicos, pesquisa e levantamento de informações visando à emissão de parecer social para subsidiar o reconhecimento e a manutenção de direitos previdenciários e benefícios assistenciais, bem como à decisão médico pericial; e exercer, mediante designação da autoridade competente, outras atividades relacionadas às finalidades institucionais do INSS, além das atividades comuns mencionadas no subitem 2.3 do edital.

Notas

AME

Outras Notícias

Deixe seu comentário