25 MAI 2024 | ATUALIZADO 14:12
SAÚDE
29/03/2024 13:21
Atualizado
29/03/2024 14:14

Reitora da UFERSA viabiliza mais de 400 cirurgias na fila do SUS em Mossoró-RN

A+   A-  
Segundo professora Ludimila Oliveira, outras 200 cirurgias estão sendo viabilizadas através de emenda (R$ 500 mil) do deputado federal Sargento Gonçalves. As 400 primeiras foram viabilizadas com recursos (R$ 1.086.000,00) destinados pela então deputada federal Carla Dickson. A parceria entre a UFERSA e a APAMIM nasceu em 2022, durante diálogo entre a reitora Ludimila e a diretora geral da APAMIM, Larizza Queiroz. Em seguida, a proposta foi assinada pelo juiz Federal Orlan Donato Rocha, então titular da 8a Vara Federal de Mossoró e interventor judicial da APAMIM, e colocada em prática. Já foram realizadas 381 cirurgias.
Imagem 1 -  Segundo professora Ludimila Oliveira, outras 200 cirurgias estão sendo viabilizadas através de emenda (R$ 500 mil) do deputado federal Sargento Gonçalves. As 400 primeiras foram viabilizadas com recursos (R$ 1.086.000,00) destinados pela então deputada federal Carla Dickson. A parceria entre a UFERSA e a APAMIM nasceu em 2022, durante diálogo entre a reitora Ludimila e a diretora geral da APAMIM, Larizza Queiroz. Em seguida, a proposta foi assinada pelo juiz Federal Orlan Donato Rocha, então titular da 8a Vara Federal de Mossoró e interventor judicial da APAMIM, e colocada em prática. Já foram realizadas 381 cirurgias.
Segundo professora Ludimila Oliveira, outras 200 cirurgias estão sendo viabilizadas através de emenda (R$ 500 mil) do deputado federal Sargento Gonçalves. As 400 primeiras foram viabilizadas com recursos (R$ 1.086.000,00) destinados pela então deputada federal Carla Dickson. A parceria entre a UFERSA e a APAMIM nasceu em 2022, durante diálogo entre a reitora Ludimila e a diretora geral da APAMIM, Larizza Queiroz. Em seguida, a proposta foi assinada pelo juiz Federal Orlan Donato Rocha, então titular da 8a Vara Federal de Mossoró e interventor judicial da APAMIM, e colocada em prática. Já foram realizadas 381 cirurgias.

A reitora Ludmila Oliveira, da UFERSA, viabilizou a realização de 400 cirurgias eletivas por meio de parceria com o Hospital Maternidade Almeida Castro, em Mossoró-RN.

Segundo a reitora, outras 200 cirurgias estão sendo viabilizadas por meio de outra emenda parlamentar, destinada pelo deputado federal sargento Gonçalves, no valor de R$ 500 mil.

A administradora do HMAC, Patrícia Oliveira, informou que as pessoas que estão sendo beneficiadas com este projeto são exatamente quem está na fila do SUS, aguardando cirurgia.

Ainda segundo Patrícia Oliveira, das 400 cirurgias, 381 já foram realizadas e outras estão sendo realizadas, volta a lembrar, seguindo rigorosamente a fila do SUS.

Ou seja, único caminho para ter acesso a este benefício, é o cidadão ir à Secretaria Municipal de Saúde e fazer o cadastro/requisição na Central de Regulação do SUS.

A viabilização financeira nasceu de um projeto em 2022, após diálogo entre a reitora Ludimila Oliveira, da UFERSA, e a diretora-geral da APAMIM, Larizza Queiroz Lopes.

Este convênio foi assinado, com o aval do então juiz interventor Orlan Donato Rocha, da 8ª Vara Federal de Mossoró, no dia 8 de junho de 2022.


“Estamos diante de um marco que é resultado direto da competência dessas duas instituições, tendo a Justiça Federal como uma mediadora desse processo”, disse o então titular da 8ª Vara Federal de Mossoró. “Eu espero que a UFERSA e a APAMIM cresçam juntos”, conclui.

Além de Larizza, Ludimila e juiz Orlan, também participaram do ato o assessor jurídico Gustavo Lins, da APAMIM, e o assessor jurídico da UFERSA, Rodrigo Almeida Leite.

O convênio assinado, Ludimila Oliveira, solicitou recursos a deputada Carla Dickson, no início de julho de 2022. Foram destinados R$ 1.080.000,00 para o projeto.

Os recursos foram pagos a UFERSA, que por sua vez destinou para a APAMIM começar as cirurgias, beneficiando precisamente as pessoas da fila do SUS.

Segundo a reitora Ludimila, com o convênio, foi possível reduzir o número de pessoas aguardando cirurgia na fila do SUS, principalmente cirurgia ginecológica, e ampliou o campo de estágio para os estudantes de medicina da UFERSA, em Mossoró.

“Para nós da UFERSA representa o fortalecimento do curso de Medicina, uma vez que a APAMIM recebe os nossos acadêmicos para as atividades práticas do curso”, considerou a reitora Ludmila Oliveira, num agradecimento a ex-deputada federal Carla Dickson, que destinou os recursos para a Universidade.

Há poucos dias, a reitora conseguiu o compromisso de outra emenda, no valor de R$ 500 mil, destinada pelo deputado federal Sargento Gonçalves, para o mesmo fim. Quando esta emenda for paga, a parceria vai ter tirado 600 pessoas da fila de cirurgia do SUS, em Mossoró.


Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário