13 ABR 2024 | ATUALIZADO 13:43
ESTADO
01/04/2024 14:26
Atualizado
01/04/2024 14:30

Caraúbas: com capacidade para 10 milhões de metros cúbicos de água, Apanha Peixe começa a sangrar

A+   A-  
Também começaram a sangrar outros três grandes açudes monitorados pelo Instituto de Gestão das Águas no Rio Grande do Norte (IGARN): Mendubim, com capacidade para 77.600.250 m³, em Assu-RN; Açude Público de Riacho da Cruz-RN, com capacidade para 9 604 200 m³; e o Açude de Malhada Vermelha, com capacidade para 7.537.478 m³, em Severiano Melo-RN. Entre os reservatórios, o transbordamento da Lagoa de Apanha peixe liga a luz amarela da Defesa Civil de Mossoró para os moradores das margens do rio Apodi-Mossoró.
Imagem 1 -  Em função das chuvas fortes neste final de semana, também começaram a sangrar outros três grandes açudes monitorados pelo Instituto de Gestão das Águas no Rio Grande do Norte (IGARN): Mendubim, com capacidade para 77.600.250 m³, em Assu-RN; Açude Público de Riacho da Cruz-RN, com capacidade para 9 604 200 m³; e o Açude de Malhada Vermelha, com capacidade para 7.537.478 m³, em Severiano Melo-RN. Entre os reservatórios, o transbordamento da Lagoa de Apanha peixe liga a luz amarela da Defesa Civil de Mossoró para os moradores das margens do rio Apodi-Mossoró.
Em função das chuvas fortes neste final de semana, também começaram a sangrar outros três grandes açudes monitorados pelo Instituto de Gestão das Águas no Rio Grande do Norte (IGARN): Mendubim, com capacidade para 77.600.250 m³, em Assu-RN; Açude Público de Riacho da Cruz-RN, com capacidade para 9 604 200 m³; e o Açude de Malhada Vermelha, com capacidade para 7.537.478 m³, em Severiano Melo-RN. Entre os reservatórios, o transbordamento da Lagoa de Apanha peixe liga a luz amarela da Defesa Civil de Mossoró para os moradores das margens do rio Apodi-Mossoró.
Xavinho Variedades/Apanha Peixe

Com capacidade para armazenar 10 milhões m³ de água, a Lagoa de Apanha Peixe, em Caraúbas-RN, começa a sangrar às 14h desta segunda-feira, 1 de abril de 2024.

Veja mais

Chuvas dos primeiros tres meses de 2024 ultrapassam a média histórica dos últimos 30 anos

Em função das chuvas fortes neste final de semana, começaram a sangrar outros três grandes açudes monitorados pelo Instituto de Gestão das Águas no Rio Grande do Norte (IGARN).

Mendubim, com capacidade para 77.600.250 m³, em Assu-RN

Riacho da Cruz-RN, com capacidade para 9 604 200 m³;

Malhada Vermelha, com capacidade para 7.537.478 m³, em Severiano Melo-RN.

A lagoa de Apanha Peixe está recebendo grande volume de água do rio Umari, quem de Umarizal-RN; do Rio Sabe Muito, que vem do Açude Grande, de Caraúbas, e também dos rios Mulato e Cumbo.

Mendubim, em Assu, começou a sangrar às 19h deste domingo (31) com a água que recebeu dos açudes de Triunfo Potiguar e o Beldroega, em Paraú-RN, que já estavam sangrando.

O açude público de Riacho da Cruz, com capacidade para 9.604.200 m 3, também chegou a 100% da sua capacidade ontem durante a madrugada desta segunda-feira, dia 1 de abril.

Já o açude Malhada Vermelha, localizado em Severiano Melo, começou a sangrar no último sábado, 30 de março. O volume aumentou muito neste final de semana.

Outros reservatórios monitorados pelo Igarn com 100% da sua capacidade:

Campo Grande, em São Paulo do Potengi;

Pataxó, em Ipanguaçu; sangra com lâmina de 1 metro e 10 cm.

Dourado, em Currais Novos;

Passagem, em Rodolfo Fernandes;

Beldroega, em Paraú;

Açude público de Encanto;

Santa Cruz do Trairi, em Santa Cruz.

A barragem Umari, localizada em Upanema, acumula 250.578.808 m³, percentualmente, 85,57% da sua capacidade total, que é de 292.813.650 m³. No dia 01º de abril de 2023, o reservatório estava com 223.804.217 m³, equivalentes a 76,43% da sua capacidade total.

O açude Marechal Dutra, também conhecido como Gargalheiras, acumula 33.697.374 m³, correspondentes a 75,85% da sua capacidade, que é de 44.421.480 m³. No início de abril do ano passado o manancial estava com 1.814.849 m³, equivalentes a 4,07% da sua capacidade total. Este reservatório está recebendo uma grande recarga d’água.

A Barragem Engenheiro Armando Ribeiro Gonçalves, maior reservatório do RN, já acumula 1.538.757.336 m³, percentualmente, 64,84% da sua capacidade total, que é de 2.373.066.000 m³. No mesmo período do ano passado o manancial estava com 1,342 bilhão de m³, equivalentes a 56,56% da sua capacidade. Também está recebendo um grande volume de água vindo da Barragem de Oiticica, em Jucurutu-RN, e da região Seridó. Deve atingir cota de sangria quando começar a receber água do sistema mãe d’água, de Coremas, na Paraíba.

A barragem Santa Cruz do Apodi acumula 405.046.450 m³, equivalentes a 67,54% da sua capacidade total, que é de 599.712.000 m³. No mesmo período de 2023, o manancial estava com 321.855.420 m³, percentualmente, 53,67% da sua capacidade total.

A barragem de Poço Branco acumula 56.457.825 m³, correspondentes a 41,51% da sua capacidade total, que é de 136.000.000 m³. No início de abril do ano passado o reservatório estava com 34.781.358 m³, equivalentes a 25,57% da sua capacidade total.

O açude público de Cruzeta acumula 15.787.656 m³, percentualmente, 67,05% da sua capacidade total, que é de 23.545.745 m³. No mesmo período do ano passado o manancial estava com 7.096.494 m³, correspondentes a 30,15% da sua capacidade total.

O caso especial

No caso do transbordamento de água da lagoa de Apanha Peixe chama atenção das autoridades de Defesa Civil de Mossoró, para começar a planejar a retirada de quem mora nas áreas ribeirinhas do rio Apodi-Mossoró.

A sangria deste reservatório, somando com a sangria da Barragem de Santa Cruz, em Apodi, pode inundar inúmeras casas nos bairros Alto da Conceição, Paredões e Barrocas, em Mossoró.


Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário