25 MAI 2024 | ATUALIZADO 14:12
NACIONAL
LEANDRO MAZZINI COM WALMOR PARENTE, CAROL PURIFICAÇÃO, LUIZA MELO E ISABELE MENDES
24/04/2024 08:37
Atualizado
24/04/2024 08:38

[COLUNA ESPLANADA] Lula cogita ressuscitar o conselho político dos dois primeiros Governos

A+   A-  
Além de falar grosso e verbalizar com ministros a insatisfação com a articulação política, o presidente Lula da Silva cogita ressuscitar o conselho político que manteve nos dois primeiros Governos e que também funcionou nos Governos de Dilma Rousseff. A ideia é ter o mesmo formato e periodicidade de reuniões - uma vez por semana - dos conselhos anteriores, com ministros do núcleo duro do Planalto e presidentes e líderes de partidos que integram a base no Congresso Nacional. O presidente também quer um pente-fino nos 20 vice-líderes do Governo na Câmara para eventuais trocas por parlamentares mais atuantes. Um deles caiu essa semana. Victor Linhalis (Podemos-ES) deixou o posto após divergências sobre projetos do Executivo.
Imagem 1 -  [COLUNA ESPLANADA] Além de falar grosso e verbalizar com ministros a insatisfação com a articulação política, o presidente Lula da Silva cogita ressuscitar o conselho político que manteve nos dois primeiros Governos e que também funcionou nos Governos de Dilma Rousseff. A ideia é ter o mesmo formato e periodicidade de reuniões - uma vez por semana - dos conselhos anteriores, com ministros do núcleo duro do Planalto e presidentes e líderes de partidos que integram a base no Congresso Nacional. O presidente também quer um pente-fino nos 20 vice-líderes do Governo na Câmara para eventuais trocas por parlamentares mais atuantes. Um deles caiu essa semana. Victor Linhalis (Podemos-ES) deixou o posto após divergências sobre projetos do Executivo.
[COLUNA ESPLANADA] Além de falar grosso e verbalizar com ministros a insatisfação com a articulação política, o presidente Lula da Silva cogita ressuscitar o conselho político que manteve nos dois primeiros Governos e que também funcionou nos Governos de Dilma Rousseff. A ideia é ter o mesmo formato e periodicidade de reuniões - uma vez por semana - dos conselhos anteriores, com ministros do núcleo duro do Planalto e presidentes e líderes de partidos que integram a base no Congresso Nacional. O presidente também quer um pente-fino nos 20 vice-líderes do Governo na Câmara para eventuais trocas por parlamentares mais atuantes. Um deles caiu essa semana. Victor Linhalis (Podemos-ES) deixou o posto após divergências sobre projetos do Executivo.

COLUNA ESPLANADA

Leandro Mazzini

com Walmor Parente, Carol Purificação, Luiza Melo e Isabele Mendes


BRASÍLIA, QUARTA-FEIRA, 24 DE ABRIL DE 2024 - Nº 3.864

Conselho de Lula

Além de falar grosso e verbalizar com ministros a insatisfação com a articulação política, o presidente Lula da Silva cogita ressuscitar o conselho político que manteve nos dois primeiros Governos e que também funcionou nos Governos de Dilma Rousseff. A ideia é ter o mesmo formato e periodicidade de reuniões - uma vez por semana - dos conselhos anteriores, com ministros do núcleo duro do Planalto e presidentes e líderes de partidos que integram a base no Congresso Nacional. O presidente também quer um pente-fino nos 20 vice-líderes do Governo na Câmara para eventuais trocas por parlamentares mais atuantes. Um deles caiu essa semana. Victor Linhalis (Podemos-ES) deixou o posto após divergências sobre projetos do Executivo.

Pedra no caminho

O PSD pode ser uma pedra no caminho do projeto do senador Davi Alcolumbre (União-AP) para suceder Rodrigo Pacheco (MG). A bancada mira apoio do PT para um eventual apoio do Palácio do Planalto. O líder do PSD, Otto Alencar, já está com o nome posto e é bem visto pela oposição, que tem criticado Pacheco por não reagir às supostas interferências do STF.


Fundação Dornelles

O Progressistas (PP) deu novo nome à fundação do partido, agora intitulada Fundação Francisco Dornelles, em homenagem ao ex-ministro da Economia. O evento, realizado no sábado (20), contou com presença de figuras de peso, como o senador Ciro Nogueira, o presidente da Câmara, Arthur Lira, e o ex-ministro das Cidades e conselheiro da Firjan Márcio Fortes de Almeida.

Disparidade

Mesmo com leis de incentivo à participação das mulheres, a política segue sendo ocupada majoritariamente por homens nos bastidores. Um jantar que aconteceu na última segunda (22) em apoio à reeleição do prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes, reuniu caciques de vários partidos. Mas o detalhe que chama a atenção é o fato de haver apenas uma mulher presente: a deputada Renata Abreu (Podemos-SP).

Faz a diferença

A rede social da ativista de Direitos Humanos Maha Mamo não parou essa semana. A embaixadora da ONU para refugiados, a atriz premiada Cate Blanchet, a ativista Luiza Brunet - ambas amigas de Maha -, e amigos da ONU mandaram mensagens para ativista que é cidadã brasileira desde 2008. A razão é que Maha foi indicada da categoria mundo no prêmio Quem faz a Diferença.

Invasão Zero

A Frente Parlamentar da Invasão Zero terá parlamentares como coordenadores regionais para atuação nas federações brasileiras no combate às invasões. Conforme o deputado Zucco (PL-RS), que preside a Frente, o trabalho será realizado em cada região. “Vamos atuar nos 27 Estados, com parlamentares marcando audiências públicas, conversando com os governadores e pegando as melhores práticas.”

ESPLANADEIRA

# Corning cria programa de incentivo à inovação em parceria com pesquisadores acadêmicos. #  Ambev anunciou investimentos de R$ 150 milhões em fábrica no Goiás. # Localiza&Co acelera negócios com apoio dos curadores Delfia e da plataforma Datadog. # Camila Zana assume cargo de CMO da Billboard Brasil. # Marcas do Grupo Boticário investem em Instabrands.  # Liga Ventures: 31% das startups brasileiras possuem ao menos uma mulher no societário. # IBRAM promove o Cultura & Mineração - Sarau Conexões Barrocas, hoje (24), em Brasília.

Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário