24 JUN 2024 | ATUALIZADO 17:49
SAÚDE
30/04/2024 17:52
Atualizado
30/04/2024 17:53

Sesap amplia locais de oferta de profilaxias pré e pós exposição ao HIV no RN

A+   A-  
Até 2021, a rede de atendimento contava com apenas dois serviços de Profilaxia Pré-Exposição (PrEP) no estado, sendo um no Hospital Giselda Trigueiro, em Natal, e outro no Hospital Rafael Fernandes, em Mossoró. Hoje, a rede conta com 20 serviços, localizados em todas as regiões do estado. Já a oferta de atendimento em Profilaxia Pós-Exposição (PEP), passou de 28 serviços em 2021 para 47 serviços atualmente. A expansão melhora o serviço oferecido aos usuários do SUS e fortalece a prevenção contra o HIV no estado; veja em quais cidades os serviços são oferecidos.
Imagem 1 -  Sesap amplia locais de oferta de profilaxias pré e pós exposição ao HIV no RN. Até 2021, a rede de atendimento contava com apenas dois serviços de Profilaxia Pré-Exposição (PrEP) no estado, sendo um no Hospital Giselda Trigueiro, em Natal, e outro no Hospital Rafael Fernandes, em Mossoró. Hoje, a rede conta com 20 serviços, localizados em todas as regiões do estado. Já a oferta de atendimento em Profilaxia Pós-Exposição (PEP), passou de 28 serviços em 2021 para 47 serviços atualmente. A expansão melhora o serviço oferecido aos usuários do SUS e fortalece a prevenção contra o HIV no estado; veja em quais cidades os serviços são oferecidos.
Sesap amplia locais de oferta de profilaxias pré e pós exposição ao HIV no RN. Até 2021, a rede de atendimento contava com apenas dois serviços de Profilaxia Pré-Exposição (PrEP) no estado, sendo um no Hospital Giselda Trigueiro, em Natal, e outro no Hospital Rafael Fernandes, em Mossoró. Hoje, a rede conta com 20 serviços, localizados em todas as regiões do estado. Já a oferta de atendimento em Profilaxia Pós-Exposição (PEP), passou de 28 serviços em 2021 para 47 serviços atualmente. A expansão melhora o serviço oferecido aos usuários do SUS e fortalece a prevenção contra o HIV no estado; veja em quais cidades os serviços são oferecidos.

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), por meio do Programa Estadual IST/AIDS e Hepatites Virais, alcançou um aumento considerável na oferta de locais de atendimento para Profilaxia Pré-Exposição (PrEP) e Profilaxia Pós-Exposição (PEP) ao HIV no Rio Grande do Norte.

Até 2021, a rede de atendimento contava com apenas dois serviços de PrEP no estado, sendo um no Hospital Giselda Trigueiro, em Natal, e outro no Hospital Rafael Fernandes, em Mossoró. Hoje, a rede conta com 20 serviços, localizados em todas as regiões do estado.

A oferta de atendimento em PEP passou de 28 serviços em 2021 para 47 serviços atualmente. A expansão melhora o serviço oferecido aos usuários do SUS e fortalece a prevenção contra o HIV no estado.

A enfermeira do Programa Estadual IST/AIDS e Hepatites Virais e referência para as profilaxias PrEP e PEP, Maria Vanessa Nogueira, explica que a expansão dos serviços é um trabalho constante, e que a expectativa é ampliar ainda mais o acesso e a oferta das profilaxias.

“A primeira meta já foi alcançada, pois expandimos para todas as regiões do estado, mas nosso trabalho continua, com reuniões, pactuações com municípios, além de capacitações para equipe multiprofissional de médicos, enfermeiros e farmacêuticos, que são os profissionais que acolhem, prescrevem e orientam, como também todos aqueles envolvidos no atendimento às pessoas que procuram pelo serviço”.

A Profilaxia Pré-Exposição ao HIV é um método de prevenção à infecção pelo HIV. Consiste na tomada diária de um comprimido que permite ao organismo estar preparado para enfrentar um possível contato com o vírus, ou seja, o indivíduo se prepara antes de ter uma relação sexual de risco para o HIV.

A PrEP também é ofertada “sob demanda” quando o indivíduo consegue planejar quando ocorrerá suas relações sexuais. A PrEP é indicada para todas as pessoas que estejam em situação de risco ao HIV, e é útil para quem quer e precisa.

Grupos que ainda tem apresentado um maior índice de infecção pelo HIV, tais como gays e outros homens que fazem sexo com homens (HSH), pessoas trans, trabalhadores do sexo, assim como pessoas que têm relações sexuais casuais sem camisinha (sorologia desconhecida) ou com alguém que seja HIV positivo e que não esteja em tratamento, as que fazem uso repetido de PEP (Profilaxia Pós-Exposição ao HIV), e/ou apresentam episódios frequentes de Infecções Sexualmente Transmissíveis ou que praticam sexo sob a influência de drogas psicoativas, também são elegíveis para uso da PrEP.

É Importante destacar que a PrEP não é indicada para quem tem o vírus, mas para pessoas que sabem que irão se expor a uma possível contaminação, por isso é feita após um atendimento qualificado, no qual o profissional de saúde vai direcionar a conduta de acordo com as particularidades da pessoa que procura o serviço.

“A orientação é que todas as pessoas adotem a prevenção de forma combinada e não se utilizem somente da PrEP, pois embora sua eficácia seja maior que 95%, não é uma profilaxia 100% segura e está fortemente associada à adesão, além de prevenir somente a infecção pelo HIV, não tendo eficácia contra outras Infecções Sexualmente Transmissíveis”, ressalta a enfermeira.

Pessoas a partir de 15 anos de idade, com peso corporal acima de 35 quilos e que estejam em situação de risco ao HIV podem ser elegíveis para receber a PrEP.

Profilaxia Pós-Exposição (PEP)

A PEP é um método de prevenção à infecção pelo HIV, utilizada após uma exposição sexual. É um atendimento de urgência, pois deve ser iniciada no período de duas e até no máximo 72 horas após a exposição pela relação sexual ou por acidente com material biológico.

O medicamento deve ser utilizado continuamente por 28 dias. A PEP é indicada para aqueles que tiveram prática sexual consentida sem uso de preservativo, para casos de rompimento do preservativo, acidente com material biológico ou que foram vítimas de abuso sexual.

O Rio Grande do Norte conta com 48 locais de atendimento para a PEP, localizados em 17 municípios. Vale salientar que existem grupos de apoio específicos para casos de violência sexual.

A expectativa do Programa Estadual IST/AIDS e Hepatites Virais é expandir a oferta para mais municípios, além de manter o monitoramento dos serviços e a qualificação das equipes.

Municípios que oferecem PrEP

1-São José de Mipibu

2-Mossoró

3-Riachuelo

4-Ceará Mirim

5-Caicó

6-São Paulo do Potengi

7-Pau dos Ferros

8-Natal

9-Macaíba

10-Parnamirim

11-São Gonçalo do Amarante

12-Extremoz

13-Assu

Municípios que oferecem PEP

1-Santo Antônio

2-São José de Mipibú

3-Mossoró

4-São Miguel do Gostoso

5-João Câmara

6-Ceará Mirim

7-Currais Novos

8-Caicó

9-São Paulo do Potengi

10-Santa Cruz

11-Pau dos Ferros

12-Natal

13-Macaíba

14-Parnamirim

15-São Gonçalo do Amarante

16-Extremoz

17-Assu


Notas

Relativa

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário