25 MAI 2024 | ATUALIZADO 14:12
POLÍCIA
13/05/2024 10:05
Atualizado
13/05/2024 10:05

6.015 armas de fogo foram apreendidas em território potiguar em menos de 5 anos

A+   A-  
A Secretaria da Segurança Pública e da Defesa Social (SESED) selecionou 2020 como ponto de partida para apresentar a estatística porque foi a partir deste ano que o banco de dados passou a adotar o Procedimento Policial Eletrônico, o PPE, como padrão para a consolidação dos registros de armas apreendidas no Estado. Segundo a Coordenadoria de Informações Estatísticas e Análises Criminais da SESED, a apreensão de armas de fogo no RN vem em uma crescente. O ano com maior número de apreensões foi o de 2023, com 1.647 armas de fogo apreendidas, sendo a mais comum o revólver.
Imagem 1 -  6.015 armas de fogo foram apreendidas em território potiguar em menos de 5 anos. A Secretaria da Segurança Pública e da Defesa Social (SESED) selecionou 2020 como ponto de partida para apresentar a estatística porque foi a partir deste ano que o banco de dados passou a adotar o Procedimento Policial Eletrônico, o PPE, como padrão para a consolidação dos registros de armas apreendidas no Estado. Segundo a Coordenadoria de Informações Estatísticas e Análises Criminais da SESED, a apreensão de armas de fogo no RN vem em uma crescente. O ano com maior número de apreensões foi o de 2023, com 1.647 armas de fogo apreendidas, sendo a mais comum o revólver.
6.015 armas de fogo foram apreendidas em território potiguar em menos de 5 anos. A Secretaria da Segurança Pública e da Defesa Social (SESED) selecionou 2020 como ponto de partida para apresentar a estatística porque foi a partir deste ano que o banco de dados passou a adotar o Procedimento Policial Eletrônico, o PPE, como padrão para a consolidação dos registros de armas apreendidas no Estado. Segundo a Coordenadoria de Informações Estatísticas e Análises Criminais da SESED, a apreensão de armas de fogo no RN vem em uma crescente. O ano com maior número de apreensões foi o de 2023, com 1.647 armas de fogo apreendidas, sendo a mais comum o revólver.

As forças de segurança pública que atuam no Rio Grande do Norte apreenderam mais de 6 mil armas de fogo somente em território potiguar. O resultado é fruto do trabalho realizado em menos de cinco anos.

A Secretaria da Segurança Pública e da Defesa Social (SESED) selecionou 2020 como ponto de partida para apresentar a estatística porque foi a partir deste ano que o banco de dados passou a adotar o Procedimento Policial Eletrônico, o PPE, como padrão para a consolidação dos registros de armas apreendidas no Estado.

Segundo a Coordenadoria de Informações Estatísticas e Análises Criminais da SESED, a apreensão de armas de fogo no RN vem em uma crescente.

Abaixo, o total de armas apreendidas de 2020 a 2023 (anos completos), até o dia 5 de maio deste ano, quando se ultrapassou a marca de 6 mil unidades retiradas de circulação.

* 2020 (ano completo): 978

* 2021 (ano completo): 1.414

* 2022 (ano completo): 1.479

* 2023 (ano completo): 1.647

* 2024 (de 1º de janeiro a 8 de maio): 497

* Total: 6.015 armas de fogo apreendidas

Entre as armas mais comuns apreendidas no estado, compõem a lista:

* Revólver: 2.458

* Pistola: 1.336

* Espingarda: 1.008

* Outras armas de fogo: 461

* Não identificadas: 339

* Artesanal: 178

* Fuzil: 115

* Carabina: 73

* Matralhadora/pistola-metralhadora: 40

* Mosquefal: 1

* Total: 6.009

Vale destacar que os dados contabilizados e consolidados pela COINE são repassados mensalmente para o Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) e para o Ministério Público Estadual (MPRN).


Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário