21 JUL 2024 | ATUALIZADO 13:56
SAÚDE
04/06/2024 09:30
Atualizado
04/06/2024 09:24

Prevista para encerrar em maio, campanha de vacinação contra a gripe é prorrogada

A+   A-  
A imunização está liberada para o público acima dos seis meses em todas as Unidades Básicas de Saúde e pontos extras. A vacina protege contra a Influenza A (H1N1), Influenza A (H3N2) e Influenza B. Em Mossoró, o imunizante pode ser encontrado nas Unidades Básicas de Saúde, de segunda a sexta-feira, das 7h às 11h e das 13h às 17h.
Imagem 1 -  A imunização está liberada para o público acima dos seis meses em todas as Unidades Básicas de Saúde e pontos extras. A vacina protege contra a Influenza A (H1N1), Influenza A (H3N2) e Influenza B. Em Mossoró, o imunizante pode ser encontrado nas Unidades Básicas de Saúde, de segunda a sexta-feira, das 7h às 11h e das 13h às 17h.
A imunização está liberada para o público acima dos seis meses em todas as Unidades Básicas de Saúde e pontos extras. A vacina protege contra a Influenza A (H1N1), Influenza A (H3N2) e Influenza B. Em Mossoró, o imunizante pode ser encontrado nas Unidades Básicas de Saúde, de segunda a sexta-feira, das 7h às 11h e das 13h às 17h.

A Prefeitura de Mossoró prorrogou a Campanha de Vacinação contra Influenza no município. A imunização está liberada para o público acima dos seis meses em todas as Unidades Básicas de Saúde e pontos extras.

A vacina protege contra a Influenza A (H1N1), Influenza A (H3N2) e Influenza B. A vacinação contra a gripe é a melhor forma para garantir proteção contra a doença.

A vacina é comprovadamente eficaz e protege contra as cepas atualizadas, de acordo com determinação da Organização Mundial da Saúde (OMS).

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) ressalta a importância dos grupos prioritários buscarem a proteção. Compõem os grupos:

- Crianças de 6 meses a menores de 6 anos;

- Crianças indígenas de 6 meses a menores de 9 anos;

- Trabalhadores da Saúde;

- Gestantes;

- Puérperas;

- Professores dos ensinos básico e superior;

- Povos indígenas;

- Idosos com 60 anos ou mais;

- Pessoas em situação de rua;

- Profissionais das forças de segurança e de salvamento;

- Profissionais das Forças Armadas;

- Pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais (independentemente da idade);

- Pessoas com deficiência permanente;

- Caminhoneiros;

- Trabalhadores do transporte rodoviário coletivo (urbano e de longo curso);

- Trabalhadores portuários

- Funcionários do sistema de privação de liberdade;

- População privada de liberdade, além de adolescentes e jovens sob medidas socioeducativas (entre 12 e 21 anos)

Prevista para encerrar em 31 de maio deste ano, a campanha foi estendida por meio de orientação do Ministério da Saúde.

As Unidades Básicas de Saúde funcionam de segunda a sexta-feira, das 7h às 11h e das 13h às 17h.


Notas

Relativa

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário