24 JUN 2024 | ATUALIZADO 17:49
MOSSORÓ
ANNA PAULA BRITO
04/06/2024 11:12
Atualizado
04/06/2024 11:19

Criança reencontra bombeiro que salvou a vida dela há três anos em Mossoró

A+   A-  
No dia 26 de outubro de 2021, com apenas 24 dias de nascido, Wellington Guilherme Barreto se engasgou com leite materno. Nesse dia, a vida dele se cruzou com a do soldado F. Pinheiro, do Corpo de Bombeiros. Usando técnicas de salvamento, o militar, que atendeu a ocorrência, conseguiu desengasgar o recém nascido. Três anos depois, a mãe do menino, Maria Luiza Moura Silva, procurou o CBM para promover o reencontro do filho com o herói que o salvou. O momento aconteceu nesta terça-feira (4), no quartel dos bombeiros, em Mossoró.
Imagem 1 -  Criança reencontra bombeiro que salvou a vida dela há três anos em Mossoró. No dia 26 de outubro de 2021, com apenas 24 dias de nascido, Wellington Guilherme Barreto se engasgou com leite materno. Nesse dia, a vida dele se cruzou com a do soldado F. Pinheiro, do Corpo de Bombeiros. Usando técnicas de salvamento, o militar, que atendeu a ocorrência, conseguiu desengasgar o recém nascido. Três anos depois, a mãe do menino, Maria Luiza Moura Silva, procurou o CBM para promover o reencontro do filho com o herói que o salvou. O momento aconteceu nesta terça-feira (4), no quartel dos bombeiros, em Mossoró.
Criança reencontra bombeiro que salvou a vida dela há três anos em Mossoró. No dia 26 de outubro de 2021, com apenas 24 dias de nascido, Wellington Guilherme Barreto se engasgou com leite materno. Nesse dia, a vida dele se cruzou com a do soldado F. Pinheiro, do Corpo de Bombeiros. Usando técnicas de salvamento, o militar, que atendeu a ocorrência, conseguiu desengasgar o recém nascido. Três anos depois, a mãe do menino, Maria Luiza Moura Silva, procurou o CBM para promover o reencontro do filho com o herói que o salvou. O momento aconteceu nesta terça-feira (4), no quartel dos bombeiros, em Mossoró.
FOTO: ANNA PAULA BRITO

Há três anos as vidas de Maria Luiza Moura Silva, do filho dela, Wellington Guilherme Barreto e do soldado F. Pinheiro, do Corpo de Bombeiros do Rio Grande do Norte, se cruzaram.

No dia 26 de outubro de 2021, com apenas 24 dias de nascido, Guilherme se engasgou com leite materno, no bairro Sumaré, em Mossoró. Desesperados, sem conseguir desengasgar o recém nascido, os pais acionaram o corpo de bombeiros.

Um dos bombeiros que atenderam a ocorrência foi o soldado F. Pinheiro. Ele contou à reportagem do Mossoró Hoje que ao chegar ao local já encontrou o menino mudando de coloração, devido a estar sem fôlego já há algum tempo.

O militar então realizou as manobras de salvamento, conseguindo desengasgar o menino. O soldado contou que o procedimento foi delicado, devido ao fato de Guilherme ser muito pequeno.

Três anos depois, F. Pinheiro foi surpreendido por um pedido especial. Maria Luiza havia entrado em contato com o CBM, pedindo que intermediasse um reencontro entre o filho dela e o herói que havia salvado a vida do menino.

Atualmente, mãe e filho moram em Areia Branca, mas fizeram questão de vir a Mossoró encontrar o bombeiro. O encontro aconteceu nesta terça-feira (4), no quartel dos bombeiros.

Maria contou à reportagem do Mossoró Hoje que sempre contou a história a Guilherme e que o menino também tem uma foto do soldado F. Pinheiro segurando ele, no dia do ocorrido.

Ela diz que Guilherme sempre fala no bombeiro e que tinha muita vontade de conhecê-lo, por isso, buscou o encontro entre os dois.

F. Pinheiro disse ter ficado surpreso e muito feliz com o reencontro. Explica que, na época, foi uma situação muito especial e que hoje tem um sentimento ainda mais forte, porque ele foi pai de um menino e relembrar a história o deixa emocionado.

Guilherme ainda presenteou o bombeiro com uma correntinha de Nossa Senhora, para que seja eternamente protegido.


Notas

Relativa

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário