21 JUL 2024 | ATUALIZADO 13:56
MOSSORÓ
18/06/2024 18:03
Atualizado
18/06/2024 18:03

Novo PAC: Governo federal garante R$ 24 milhões para obras e investimentos na Ufersa

A+   A-  
A Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa), foi contemplada por meio do Programa de Aceleração de Crescimento (Novo PAC), do Governo Federal, com um total de R$ 24,7 milhões. O Novo PAC assegura recursos na ordem de R$ 5,5 bilhões para a expansão e consolidação das universidades federais e dos hospitais federais de todo o país. Especificamente com relação à Ufersa, o investimento representa seis grandes obras, beneficiando os cursos de graduação e pós-graduação, o Campus Sede, em Mossoró, além dos Campi de Angicos, Caraúbas e Pau dos Ferros.
Imagem 1 -  A Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa), foi contemplada por meio do Programa de Aceleração de Crescimento (Novo PAC), do Governo Federal, com um total de R$ 24,7 milhões. O Novo PAC assegura recursos na ordem de R$ 5,5 bilhões para a expansão e consolidação das universidades federais e dos hospitais federais de todo o país. Especificamente com relação à Ufersa, o investimento representa seis grandes obras, beneficiando os cursos de graduação e pós-graduação, o Campus Sede, em Mossoró, além dos Campi de Angicos, Caraúbas e Pau dos Ferros.
A Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa), foi contemplada por meio do Programa de Aceleração de Crescimento (Novo PAC), do Governo Federal, com um total de R$ 24,7 milhões. O Novo PAC assegura recursos na ordem de R$ 5,5 bilhões para a expansão e consolidação das universidades federais e dos hospitais federais de todo o país. Especificamente com relação à Ufersa, o investimento representa seis grandes obras, beneficiando os cursos de graduação e pós-graduação, o Campus Sede, em Mossoró, além dos Campi de Angicos, Caraúbas e Pau dos Ferros.

Com um total de R$ 24,7 milhões, a Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa), é contemplada por meio do Programa de Aceleração de Crescimento (Novo PAC), do Governo Federal. O Novo PAC assegura recursos na ordem de R$ 5,5 bilhões para a expansão e consolidação das universidades federais e dos hospitais federais de todo o país. Especificamente com relação à Ufersa, o investimento representa seis grandes obras, beneficiando os cursos de graduação e pós-graduação, o Campus Sede, em Mossoró, além dos Campi de Angicos, Caraúbas e Pau dos Ferros.

“Essa conquista é fruto de muito trabalho da gestão que apresentou as solicitações ao MEC e foram prontamente atendidas”, afirmou a reitora da Ufersa, professora Ludimilla de Oliveira. A reitora diz que o momento é de comemorar e de agradecer. “Estamos extremamente contemplados uma vez que fomos atendidos e os valores aprovados farão um diferencial na instituição”, afirmou ao agradecer a equipe de planejamento da Ufersa e toda a equipe do MEC.

Com o Novo PAC, a Ufersa está com as seguintes obras autorizadas: Construção do Centro de Inovação Tecnológica e Empreendedorismo do Semi-Árido, com R$ 7,3 milhões; Construção de novo prédio de aulas para o ensino da pós-graduação, R$ 3,9 milhões; Construção de novo prédio para sala de aulas e docentes, R$ 3,9 milhões; Construção do Instituto de Popularização de Ciências do Semi-Árido, R$ 2,5 milhões; Construção da Residência Universitária no Campus Angicos, R$ 3,5 milhões e, Construção do Prédio Multiusuário de laboratórios para os campi fora da sede – Angicos, Caraúbas e Pau dos Ferros, com R$ 3,6 milhões. Com os novos investimentos a Ufersa vai promover mais desenvolvimento inclusivo, social e regional, além de ampliar o acesso da população a serviços públicos de qualidade.


Notas

Relativa

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário