21 JUL 2024 | ATUALIZADO 13:56
MOSSORÓ
24/06/2024 09:53
Atualizado
24/06/2024 09:53

“Não pode haver São João, sem quadrilha junina”, diz professora Deodete Dias

A+   A-  
A organização do concurso realizou homenagem e entregou um troféu à professora Deodete Dias, por sua contribuição há mais de 40 anos ao movimento junino no município. A homenageada, que conta 85 anos de vida, acompanhou o festival, como sempre faz todos os anos, e se mostrou muito emocionada pelo reconhecimento. “Agradeço à Prefeitura de Mossoró por dar continuidade não deixar morrer essa tradição, não pode haver são joão sem quadrilha junina”, declarou.
Imagem 1 -  A organização do concurso realizou homenagem e entregou um troféu à professora Deodete Dias, por sua contribuição há mais de 40 anos ao movimento junino no município. A homenageada, que conta 85 anos de vida, acompanhou o festival, como sempre faz todos os anos, e se mostrou muito emocionada pelo reconhecimento. “Agradeço à Prefeitura de Mossoró por dar continuidade não deixar morrer essa tradição, não  pode haver são joão sem quadrilha junina”, declarou.
A organização do concurso realizou homenagem e entregou um troféu à professora Deodete Dias, por sua contribuição há mais de 40 anos ao movimento junino no município. A homenageada, que conta 85 anos de vida, acompanhou o festival, como sempre faz todos os anos, e se mostrou muito emocionada pelo reconhecimento. “Agradeço à Prefeitura de Mossoró por dar continuidade não deixar morrer essa tradição, não pode haver são joão sem quadrilha junina”, declarou.

A programação do Festival de Quadrilhas do Mossoró Cidade Junina 2024 deste sábado (22), fez um justo reconhecimento a professora Deodete Dias, que dá nome à Arena onde acontece as apresentações.

A organização do concurso realizou homenagem e entregou um troféu à professora Deodete Dias, por sua contribuição há mais de 40 anos ao movimento junino no município.

A homenageada, que conta 85 anos de vida, acompanhou o festival, como sempre faz todos os anos, e se mostrou muito emocionada pelo reconhecimento.

“Bom, a alegria é imensa porque eu estou vendo que o trabalho que eu comecei há 40 anos está tendo continuidade, isto é, a valorização da cultura popular. Agradeço à Prefeitura de Mossoró por dar continuidade não deixar morrer essa tradição, não pode haver são joão sem quadrilha junina”, declarou.

Deodete Dias conta que passou 40 anos dedicada a dança, aos movimentos culturais, propagando a cultura popular. Mesmo aposentada das salas de aula, continuava a movimentar a cultura nordestina. Ela assistiu as apresentações de quadrilhas estilizadas e disse que em seu tempo não existia esta categoria, só as tradicionais, mas estava feliz em ver a evolução do festival.

O Festival de Quadrilhas Juninas encerrou neste domingo (23) e teve como campeãs as quadrilhas Ceará Junino (CE) 1º lugar, Filhos de Sertão (CE) 2 º lugar e Lumiar (PE) em 3 º lugar.


Notas

Relativa

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário