12 AGO 2020 | ATUALIZADO 22:24
POLÍCIA
Da redação
07/03/2016 10:54
Atualizado
13/12/2018 18:46

Homicida sofre seis tiros e sobrevive no HRTM em Mossoró

A+   A-  
Vítima surpreende até os médicos, pela resistência. Ele já foi alvo de várias tentativas de homicídio, sendo esta última a mais grave. Os tiros alvejaram locais vitais e provocaram grande perda de sangue.
Imagem 1 -  Homicida sofre seis tiros e sobrevive no HRTM em Mossoró
Arquivo / PM Mossoró

Continua internado em estado grave, o homicida Sadrack Caetano de Lima, de 25 anos, que foi baleado com seis tiros na noite do domingo (06), em Mossoró. Ele sobreviveu a um ataque em via pública, no bairro Santo Antônio.

Sadrack foi alvejado seis vezes nas costas, braços e pescoço. Ele foi socorrido pelo SAMU até o Hospital Regional Tarcísio Maia. Na manhã desta segunda-feira (07), o Serviço Social da unidade informou ao MOSSORÓ HOJE que ele estava internado no Centro Cirúrgico.

Foi informado ainda que ele iria passar por uma tomografia ainda pela manhã.

A vítima surpreende até os médicos, pela resistência. Ele já foi alvo de várias tentativas de homicídio, sendo esta última a mais grave. Os tiros alvejaram locais vitais e provocaram grande perda de sangue do paciente.

Segundo a polícia, os disparos foram realizados por dois homens que estavam em uma Bros de cor amarela.  Os motivos do crime são desconhecidos e serão investigados pela Delegacia Especializada em Homicídios (DEHOM) de Mossoró.

Sadrack é ainda acusado de matar o servente de pedreiro Wendson Alves da Silva, em março de 2015 no bairro Nova Vida, onde na ocasião, ele declarou que atirou para se defender.

Notas

AME

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário