15 SET 2019 | ATUALIZADO 10:41
MUNDO

Na Venezuela, presidente Nicolás Maduro reduz a semana para 4 dias

Sextas-feiras não serão mais dias úteis no país durante abril e maio, como forma de economizar energia.
Da redação
07/04/2016 12:55
Atualizado
13/12/2018 12:09
A+   A-  
Imagem 1 -  Na Venezuela, presidente Nicolás Maduro reduz a semana para 4 dias

Para atender à emergência nacional ocasionada pela seca, o presidente venezuelano, Nicolás Maduro, adotou decreto que reduz os dias úteis da semana de trabalho no país de cinco para quatro dias.

O "plano de atendimento de emergência" será de oito semanas, durante as quais Maduro pediu "máxima colaboração de todo o país".

Além disso, Maduro ordenou a ampliação da capacidade de autogeração de energia elétrica dos shoppings, que passará de quatro para nove horas, e aqueles que não conseguirem garantir essa capacidade serão objeto de "medidas especiais para garantir a economia", disse.

As autoridades explicaram que as medidas servem para enfrentar as consequências da seca ocasionada pelo fenômeno climático do El Niño, que diminuiu os níveis da represa de Guri, que alimenta a principal usina hidrelétrica do país, e de vários rios e cursos d"água, que estão em seus níveis mais baixos.

Com informações: Exame

Notas

News Center

Publicidades

MOSSORÓ Vanderlanio

Outras Notícias

Deixe seu comentário