23 JAN 2021 | ATUALIZADO 22:03
POLÍCIA
Da redação
17/04/2015 13:45
Atualizado
13/12/2018 10:50

Acusado de tentativa de homicidio pega 4 anos de prisão

A+   A-  
Decisão foi tomada durante julgamento realizado pelo Tribunal do Júri Popular na manhã desta sexta-feira, 17, no Fórum Municipal Silveira Martins
Imagem 1 -  Acusado de tentativa de homicidio pega 4 anos de prisão
Valéria Lima

João Paulo Vieira Fernandes foi condenado na manhã desta sexta-feira, 17, por tentar matar Marcos Nunes da Silva em dezembro de 2013. Na época, João Paulo foi preso em flagrante, e hoje foi julgado pelo Tribunal do Júri Popular.

O julgamento aconteceu no Fórum Municipal Desembargador Silveira Martins, no Conjunto Walfredo Gurgel. Os trabalhos foram abertos às 8h, com o sorteio dos sete jurados do Conselho de Sentença. O Ministerio Público Estadual foi representado pelo promotor de Justiça Italo Moreira Martins.

Após ouvidas as partes, o promotor Italo Moreira Martins fez a exposição aos jurados que o réu tentou matar Marcos Nunes com três tiros, na Favela do Tranquilim, zona leste de Mossoró. Na época, o réu estava na companhia de dois comparsas identificados por Dininho e Ferrugem.

A vítima conseguiu fugir dos disparos se escondendo dentro de um veículo.

Na acusação, o Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) alegou que o motivo por qual João Paulo tentou contra a vida de Marco Nunes caracteriza-se como fútil. A defesora Pública Ana Carina Freitas de Oliveira defendeu tese de tentativa de homicídio simples.

O juiz Vagnos Kelly Medeiros Vasconcelos, após decisão do Conselho de Sentença, aplicou pena de 4 anos no réu. Por ja está preso há um ano e seis meses, o réu já tem direito a regime semi aberto. Diante do quadro, o juiz determinou que a pena fosse cumprida em regime semi aberto.

Notas

AME

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário