02 MAR 2024 | ATUALIZADO 23:52

ECONOMIA

  Neoenergia está oferecendo até 90% de desconto aos clientes com débitos por meio do Desenrola Brasil. Até o final de outubro, os consumidores que atendem aos requisitos da iniciativa poderão negociar os débitos e parcelar a dívida em até 60 vezes. Todo o processo será realizado digitalmente, através da plataforma desenvolvida pelo Governo que pode ser acessada em: https://desenrola.gov.br/. Estão aptas a participar da negociação as pessoas que possuem renda de até dois salários-mínimos ou inscritas no CadÚnico, e que possuem débito negativado entre o dia 1º de janeiro de 2019 e 31 de dezembro de 2022. Poderá ser negociado até R$ 5 mil por devedor, considerando o somatório das dívidas financiadas.
Neoenergia está oferecendo até 90% de desconto aos clientes com débitos por meio do Desenrola Brasil

10/10/2023 11:32

Até o final de outubro, os consumidores que atendem aos requisitos da iniciativa poderão negociar os débitos e parcelar a dívida em até 60 vezes. Todo o processo será realizado digitalmente, através da plataforma desenvolvida pelo Governo que pode ser acessada em: https://desenrola.gov.br/. Estão aptas a participar da negociação as pessoas que possuem renda de até dois salários-mínimos ou inscritas no CadÚnico, e que possuem débito negativado entre o dia 1º de janeiro de 2019 e 31 de dezembro de 2022. Poderá ser negociado até R$ 5 mil por devedor, considerando o somatório das dívidas financiadas.

  CAE aprova PL que impede os sindicatos de exigirem o pagamento da contribuição sindical . O texto do senador Styvenson Valentim (Podemos-RN) recebeu relatório favorável do senador Rogério Marinho (PL-RN) e segue para a Comissão de Assuntos Sociais (CAS). A proposição altera a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT — Decreto-Lei 5.452, de 1943). De acordo com o projeto, mesmo que seja filiado, o trabalhador deve autorizar prévia e expressamente a cobrança de contribuições aos sindicatos da categoria econômica ou profissional. “O pagamento da contribuição sindical deve ser uma escolha do trabalhador, não uma imposição”, disse o Senador Styvenson, que alertou que “não existe uma generalidade de sindicatos no país”, ou seja, “nem todo mundo é sindicalizado ou filiado”.
CAE aprova PL que impede os sindicatos de exigirem o pagamento da contribuição sindical

05/10/2023 18:04

O texto do senador Styvenson Valentim (Podemos-RN) recebeu relatório favorável do senador Rogério Marinho (PL-RN) e segue para a Comissão de Assuntos Sociais (CAS). A proposição altera a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT — Decreto-Lei 5.452, de 1943). De acordo com o projeto, mesmo que seja filiado, o trabalhador deve autorizar prévia e expressamente a cobrança de contribuições aos sindicatos da categoria econômica ou profissional. “O pagamento da contribuição sindical deve ser uma escolha do trabalhador, não uma imposição”, disse o Senador Styvenson, que alertou que “não existe uma generalidade de sindicatos no país”, ou seja, “nem todo mundo é sindicalizado ou filiado”.

  Após revisão, estimativa de crescimento do mercado segurador para 2023 fica em  9,4%. A nova projeção, divulgada nesta quinta-feira (5) pelo presidenta da Confederação Nacional das Seguradoras (CNseg), Dyogo Oliveira, se deve ao impacto direto no seguro Rural, por conta da insuficiência de recursos do Programa de Subvenção ao Prêmio do Seguro Rural (PSR) e às adaptações nas expectativas de crescimento da Previdência Aberta.
Após revisão, estimativa de crescimento do mercado segurador para 2023 fica em 9,4%

05/10/2023 16:13

A nova projeção, divulgada nesta quinta-feira (5) pelo presidenta da Confederação Nacional das Seguradoras (CNseg), Dyogo Oliveira, se deve ao impacto direto no seguro Rural, por conta da insuficiência de recursos do Programa de Subvenção ao Prêmio do Seguro Rural (PSR) e às adaptações nas expectativas de crescimento da Previdência Aberta.

  A Expoconstruir Nordeste 2023 é uma das maiores feiras da Construção Civil do país, que este ano será realizada no período de 4 a 7 de outubro, com expectativa de receber, pelo menos 25 mil visitantes, entre fabricantes, revendedores, construtores e profissionais do setor de todo o Brasil, nas exposições. Realizado pela Acomac e Sindscon, a Expoconstruir espera 25 mil pessoas e negócios na casa dos 300 milhões durante os 3 dias do evento no Centro de Eventos do Ceará; Genivan Josué Batista será o homenageado na abertura do evento, nesta quarta-feira, representando o Rio Grande do Norte.
Dono de A Construtora está entre os homenageados na Exporconstruir Nordeste 2023, em Fortaleza

03/10/2023 09:32

A Expoconstruir Nordeste 2023 é uma das maiores feiras da Construção Civil do país, que este ano será realizada no período de 4 a 7 de outubro, com expectativa de receber, pelo menos 25 mil visitantes, entre fabricantes, revendedores, construtores e profissionais do setor de todo o Brasil, nas exposições. Realizado pela Acomac e Sindscon, a Expoconstruir espera 25 mil pessoas e negócios na casa dos 300 milhões durante os 3 dias do evento no Centro de Eventos do Ceará; Genivan Josué Batista será o homenageado na abertura do evento, nesta quarta-feira, representando o Rio Grande do Norte.

  O presidente do IBAMA, Rodrigo Mendonça, disse a governadora Fátima Bezerra, que até a próxima sexta-feira, dia 29, libera a licença de operação para a Petrobras voltar a fazer buscas por petróleo e gás no Campo de Pitu e Anhangá, na margem equatorial, costa do Rio Grande do Norte.   O presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, havia declarado semana passada à Tribuna do Norte que assim que saísse esta licença, a Petrobras iria deslocar a sonda do litoral do Centro Oeste para começar a perfuração na costa do Rio Grande do Norte. Naquela ocasião, Jean acreditava que ainda este ano retomava as operações. O investimento será de 3 bilhões de dólares. A governadora Fátima Bezerra festeja.
IBAMA garante Licença para retomada de atividades no Campo Pitu no RN

26/09/2023 13:22

O presidente do IBAMA, Rodrigo Mendonça, disse a governadora Fátima Bezerra, que até a próxima sexta-feira, dia 29, libera a licença de operação para a Petrobras voltar a fazer buscas por petróleo e gás no Campo de Pitu e Anhangá, na margem equatorial, costa do Rio Grande do Norte. O presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, havia declarado semana passada à Tribuna do Norte que assim que saísse esta licença, a Petrobras iria deslocar a sonda do litoral do Centro Oeste para começar a perfuração na costa do Rio Grande do Norte. Naquela ocasião, Jean acreditava que ainda este ano retomava as operações. O investimento será de 3 bilhões de dólares. A governadora Fátima Bezerra festeja.


Notas

Tekton

Publicidades