07 AGO 2020 | ATUALIZADO 20:10
NACIONAL
Por André Richter - Repórter da Agência Brasil
31/08/2018 21:32
Atualizado
13/12/2018 10:23

Cinco ministros do Tribunal Superior Eleitoral votam contra candidatura de Lula à Presidência

A+   A-  
Todos entenderem que Lula está inelegível com base na Lei da Ficha Limpa, que impede a candidatura de condenados pela segunda instância da Justiça. Edson Fachin foi o único que se manifestou contra
Imagem 1 -  Cinco ministros do Tribunal Superior Eleitoral votam contra candidatura de Lula à Presidência

O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Tarcísio Vieira proferiu  há pouco mais um voto contra do pedido de registro de candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à Presidência da República nas eleições de outubro. Com o voto do ministro, o placar da votação está em 5 votos a 1.

A última a votar será a presidente, Rosa Weber.

Veja todos os votos
 

 Até o momento também já votaram contra o registro o relator, Luís Roberto Barroso, e os ministros Jorge MussiOg Fernandes e Admar Gonzaga. Todos entenderem que Lula está inelegível com base na Lei da Ficha Limpa, que impede a candidatura de condenados pela segunda instância da Justiça. Edson Fachin foi o único que se manifestou contra o pedido de registro.

Lula está preso desde 7 de abril na sede da Superintendência da Polícia Federal (PF) em Curitiba, em função de sua condenação a 12 anos e um mês de prisão, na ação penal do caso do triplex em Guarujá (SP), sentença que foi confirmada pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região, sediado em Porto Alegre, segunda instância da Justiça Federal.

Saiba mais

Notas

AME

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário