07 JUL 2020 | ATUALIZADO 18:27
SAÚDE
Da redação
14/08/2015 21:35
Atualizado
12/12/2018 15:04

Embriaguez pode ter sido a causa de acidente, diz PM em Apodi

A+   A-  
Caieiro colidiu sua moto com o meio fio, que separa os dois sentidos da via, e foi arremessado contra um poste de aço do radar de trânsito no Centro da cidade. VEJA VÍDEO

O caieiro, identificado como Antônio Geane da Silva Filho, de 27 anos, morreu na noite desta sexta-feira (14) durante acidente de moto na rodovia federal BR – 405, no Centro de Apodi.

Ele colidiu com o meio fio, que separa os dois sentidos da via, e foi arremessado contra um poste de aço do radar de trânsito.

Segundo a polícia, a embriaguez pode ter sido a causa do acidente.

Isto por que, a vítima, também conhecido como "Toquinho", teria se separado recentemente, e estava ingerindo grande quantidade de bebidas alcoólicas nos últimos dias.

Antônio sofreu fortes pancadas pelo corpo, principalmente na região da cabeça, e morreu no local. Socorristas do SAMU ainda foram acionados, mas nada puderam fazer para salvar a sua vida.

As causas do acidente serão apuradas pelo Núcleo de Trânsito do município.

A vítima é residente na comunidade de Soledade, zona rural do município. Ele trabalha em uma das várias caieiras existentes na Chapada do Apodi, segundo familiares.

A remoção do corpo pelo Instituto Técnico e Científico de Polícia (ITEP) foi ser feita durante a madrugada ou início da manhã de sábado (15). A demora foi devido a paralisação dos peritos do órgão.

O único perito de plantão estava em Natal, e este precisou se deslocar até a cidade de Apodi para fazer o recolhimento do cadáver e levá-lo até a Regional de Mossoró.

Até lá, o local foi isolado pela Polícia Militar, e o trânsito na rodovia desviado para ruas paralelas.

(Foto: André Sales)

Notas

Compra Notebook

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário