26 AGO 2019 | ATUALIZADO 00:27
POLÍTICA

Ciro libera aliado para ajudar Bolsonaro na Reforma da Previdência

A proposta de colocar Benevides à frente da Comissão foi do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Os dois se encontraram na semana passada durante viagem de Maia a Fortaleza
DA REDAÇÃO
11/02/2019 18:17
Atualizado
11/02/2019 18:17
A+   A-  
Ciro libera aliado para ajudar Bolsonaro na Reforma da Previdência
O ex-ministro Ciro Gomes deu seu aval para que o deputado Mauro Benevides Filho (PDT-CE) presida a comissão da Câmara que analisará a reforma da Previdência de Jair Bolsonaro
Arquivo

O ex-ministro Ciro Gomes deu seu aval para que o deputado Mauro Benevides Filho (PDT-CE) presida a comissão da Câmara que analisará a reforma da Previdência de Jair Bolsonaro, de acordo com reportagem de Igor Gadelha, da revista Crusoé.

Benevides, que foi coordenador do plano econômico de Ciro na eleição de 2018, agora tentará convencer a bancada de seu partido.

A proposta de colocar Benevides à frente da Comissão foi do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Os dois se encontraram na semana passada durante viagem de Maia a Fortaleza, capital do Ceará, para encontro com o governador Camilo Santana (PT-CE) e deputados cearenses.

O pedetista é secretário de Planejamento do Ceará, mas se licenciou do cargo por 90 dias para ocupar a cadeira de deputado durante o período de tramitação da reforma.

Segundo fontes, para ocupar tal função, Maia teria pedido que Benevides se comprometesse a seguir rigidamente o calendário proposto, para que a reforma seja aprovada em maio. Além disso, o PDT, partido de oposição, não poderia trabalhar contra a reforma, o que será difícil, já que o partido se posiciona contra a reforma.

A estratégia de Maia e do governo é tentar reduzir a resistência ao projeto. Para tanto, precisavam o aval de Ciro, já que não seria possível Benevides ser a favor da reforma e Ciro ser contra.


Notas

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário