19 MAI 2019 | ATUALIZADO 09:00
MOSSORÓ

Filha de agricultores, mais uma doutora formada na UERN, recebe diploma

Maria Jocileide de Medeiros Marinho é mais uma doutora formada na Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN). Ela recebeu o diploma na tarde desta quarta-feira, 8, das mãos do reitor Pedro Fernandes
BRUNO BARRETO - AGECOM UERN
09/05/2019 18:30
Atualizado
09/05/2019 18:37
A+   A-  
Filha de agricultores, mais uma doutora formada na UERN, recebe diploma
Maria Jocileide de Medeiros Marinho é mais uma doutora formada na Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN). Ela recebeu o diploma na tarde desta quarta-feira, 8, das mãos do reitor Pedro Fernandes
Agecom Uern

Maria Jocileide de Medeiros Marinho é mais uma doutora formada na Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN). Ela recebeu o diploma na tarde desta quarta-feira, 8, das mãos do reitor Pedro Fernandes.

Jocileide traz consigo a condição de primeira aluna graduada na UERN a ser contemplada com título de doutora em curso da instituição. Agora ela é doutora em bioquímica.

Jocileide tem uma história de superação. Filha de agricultores que até hoje moram em São Vicente, região do Seridó, ela foi a 30ª e última colocada na vaga cotista do curso de Biologia em 2005. “Aqui eu descobri a pesquisa e fui sendo incentivada nos laboratórios”, disse emocionada.

Atuando como docente no curso de Medicina da Facene, ela pretende fazer concurso para o setor público, de preferência na UERN. “Sou graduada pela UERN e já atuei como professora no curso de medicina desta instituição”, disse.

Pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação, Rodolfo Cavalcanti lembrou da experiência de trabalho com Jocileide. “A gente conhece a trajetória de luta de Jocileide. A Universidade lhe mostrou todas as oportunidades possíveis quando você fez parte da FACS, quando trabalhamos lá”.

O reitor Pedro Fernandes Ribeiro Neto declarou que é um momento importante e de mudança de patamar da UERN. “Assinar diplomas de especialização sempre foi muito comum. De uns cinco anos para cá se tornou rotina assinar diplomas de mestrado. Agora começam a aparecer os diplomas de doutorado. É muita emoção”, frisou.

A reunião ainda contou com a presença da assessora técnica da Reitoria, Cicília Maia.

Notas

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário