21 SET 2019 | ATUALIZADO 13:00
POLÍTICA

Vereador sugere usar dinheiro de multas para reabrir as Bics em Mossoró

"Já são mais de R$ 9 milhões, que poderiam ser aplicados em diárias operacionais à Polícia Militar para reabrir as BICs”, defende do vereador Genilson Alves, em pronunciamento na Câmara Municipal
14/08/2019 13:23
Atualizado
14/08/2019 13:39
A+   A-  
Imagem 1 -  A presença da Polícia Militar nos bairros, trabalhado em conjunto com a comunidade, contribuiu com a redução dos crimes das áreas periféricas e centrais de Mossoró de 2013 a 2016.
A presença da Polícia Militar nos bairros, trabalhado em conjunto com a comunidade, contribuiu com a redução dos crimes das áreas periféricas e centrais de Mossoró de 2013 a 2016.

A ex-prefeita Claudia Regina implantou, em Mossoró, no ano de 2013, o projeto Base Integrada Cidadã (BIC), no bairro Santo Antônio, zona norte da cidade. O resultado foi considerado excelente pelas autoridades de segurança.

O ex prefeito Francisco José da Silveira Junior, que assumiu o cargo quando Claudia Regina foi afastada pela Justiça Eleitoral, entendendo a importância do projeto, ampliou o número BICs na cidade, também alcançando ótimos resultados.

O projeto consiste na implantação de uma base de apoio aos policiais e principalmente o pagamento de diárias para os policiais de folga trabalharem patrulhando a cidade..

Ao assumir o governo no início de 2017, a atual prefeita Rosalba Ciarlini declarou, no bairro Santo Antônio, na frente do então Governador Robinson Faria, que as BICs de nada servia e acabou o projeto, permitindo assim a crescimento do crime.

Nesta quarta-feira, 14, o vereador Genilson Alves (PMN), reconhecendo  o crescimento da criminalidade, defendeu que a Prefeitura de Mossoró destinasse a arrecadação com multas de trânsito para reabertura das BICs.


A proposta foi feita em pronunciamento na sessão desta quarta-feira (14) da Câmara Municipal de Mossoró. 

A sugestão do vereador Genilson Alves vem a reforçar a cobrança do também vereador Raerio Araújo, feita em março passado, para que a Prefeitura de Mossoró reabrisse as bases integradas, considerando o crescimento da violência.

Veja mais

Raerio pede retorno das BICs em Mossoro

A Associação dos Praças da Polícia Militar de Mossoró e Região e região também defendeu a reabertura das BICs, em Mossoró, como forma da Prefeitura contribuir com o trabalho para combater o crime.

Veja mais

Representante dos praças de Mossoró e Região defende reabertura das BICS

“Com multas de trânsito, a Prefeitura arrecadou mais de R$ 3 milhões em 2017, mais de R$ 4 milhões em 2018 e mais de R$ 2 milhões este ano. Já são mais de R$ 9 milhões, que poderiam ser aplicados em diárias operacionais à Polícia Militar para reabrir as BICs”, propõe. 

Ele acrescenta que a Prefeitura deveria buscar parceria com o Governo do Estado, com essa finalidade, haja vista a alta criminalidade em Mossoró. “Numa situação tão crítica, não podemos ficar esperando pelos Governos Estadual e Federal. O Município precisa fazer sua parte”, entende. 

Estatísticas da Polícia Militar, segundo o vereador, mostram que a criminalidade caiu de forma significativa nos bairros que possuíam BICs, que funcionaram até o final de 2016. E que o retorno do projeto é anseio da população, sobretudo, de áreas com índices mais altos de violência. 

“Portanto, pedimos que a Prefeitura custeie a reabertura das BICS em bairros mais críticos. Se o dinheiro das multas for revertido em diárias operacionais, Mossoró conseguirá dar mais segurança aos moradores, que estão presos nas suas casas, enquanto os bandidos estão soltos”, pleiteia.

Notas

Unicursos 2019

Publicidades

Unicursos em Mossoró MOSSORÓ

Outras Notícias

Deixe seu comentário