22 MAI 2022 | ATUALIZADO 08:21
SAÚDE
Da redação
09/01/2015 05:51
Atualizado
13/12/2018 05:59

Polícia de Paris acredita ter encontrado terroristas

A+   A-  
Le Monde informa que autores do atentado ao jornal satírco Charlie Hebdo estão cercados fazendo reféns na empresa Seine-et-Marne
Imagem 1 -  Polícia de Paris acredita ter encontrado terroristas
El Pais UY

Uma operação policial de grandes dimensões está sendo feita nos arredores de Paris, anunciou nesta sexta (09) a polícia, citada pelo jornal Le Monde, adiantando que já foram disparados vários tiros e pode haver reféns.

A operação ocorre dois dias depois do atentado ao jornal satírico Charlie Hebdo, no qual morreram 12 pessoas.

De acordo com a polícia, os suspeitos perseguidos, dois homens que roubaram um carro, fizeram reféns em uma empresa de Seine-et-Marne. Houve tiros.

O canal de notícias francês BFM TV explica que a região está cercada pela polícia, "cada vez mais numerosa", e que há helicópteros sobrevoando a área.

Nos primeiros contatos, os atiradores Said e Cherif teriam dito aos policiais que estão dispostos a morrer com martires.

Je Sui Charlie

Quarta-feira, no início da manhã, três homens encapuzados e usando fuzis automáticos invadiram a sede do jornal satírico Charlie Hebdo, em Paris, e mataram a tiros 12 pessoas e deixando outras 11 feridas. A polícia já prendeu um suspeito e hoje as redes de notícias internacionais estão informando que os outros dois estão cercados numa empresa. Possivelmente tem reféns.

Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário