15 NOV 2019 | ATUALIZADO 18:06
MOSSORÓ

Evento debate ações para a denúncia de Crimes de LGBTfobia em Mossoró

Idealizado pela Rede DêBandeira, o evento acontecerá no dia 19 de outubro, as 19h, no auditório da Estação das Artes. A noite vai reunir diversos palestrantes e estudiosos do tema, visando propagar informações sobre cidadania da população LGBT+.
16/10/2019 19:28
Atualizado
17/10/2019 08:15
A+   A-  
Imagem 1 -  Evento debate ações para a denúncia de Crimes de LGBTfobia em Mossoró.
Evento debate ações para a denúncia de Crimes de LGBTfobia em Mossoró.
FOTO: REPRODUÇÃO

No próximo sábado, 19 de outubro, acontece em Mossoró o evento “Na Trilha da Rede DêBandeira - Denúncia de Crimes de LGBTfobia e Procedimento”, a partir das 18h, no auditório da Estação das Artes.

De acordo com o organização, o evento visa propagar informações sobre cidadania da população LGBT+ e como proceder em decorrência de crimes de LGBTfobia.

“A ideia é constituir ações em rede entre as instituições presentes, com objetivo de construir uma Mossoró livre da LGBTfobia”, disse o convite enviado pelo os representantes da Rede DêBandeira, organizadora do evento.

Participarão da noite, como palestrantes convidados, a Promotora de Justiça Titular da 2ª Promotoria de Justiça e Professora de Filosofia do Direito, Ana Ximenes; o Presidente da Comissão da Diversidade Sexual e Minorias da OAB/MOSSORÓ, Américo Bento; e o Psicólogo, Professor e Pesquisador nas áreas de interface entre saúde e população Trans, Arthur Sampaio.

Ainda palestram no evento o Professor e Pesquisador de Identidades de Gênero e Comportamento, Marcus Vinicius; a Assistente Social e Militante do Coletiva MOTIM Feminista, Telma Gurgel; o Bacharel em Direito e Pós-graduando em Direito Homoafetivo e Gênero na UNISANTA/SP, Yure Costa; e a Cientista Social, Especialista em Arte Educação em Teatro, Joriana Pontes.

O evento é aberto a toda a comunidade que esteja interessada no tema.

SOBRE A REDES DÊBANDEIRA

A rede DêBandeira é uma organização de Lésbicas, Gays, Travestis, Transexuais e demais identidades de gênero (LGBT+) no Rio Grande do Norte.

A rede não tem vínculo político-partidário ou religioso e atua na promoção da dignidade dos LGBT+, “independente de credo, raça/cor ou etnia, classe social, origem, geração e nacionalidade”.


Notas

Compra Notebook

Publicidades

Eleições 2020 MOSSORÓ

Outras Notícias

Deixe seu comentário