07 DEZ 2019 | ATUALIZADO 13:29
MUNDO

Alberto Fernández vence as eleições neste domingo na Argentina

O atual presidente Mauricio Macri reconhece vitória do opositor e o presidente brasileiro se revoltou porque o eleitor parabenizou Lula em mensagem publicada no Twitter
CEZAR ALVES
28/10/2019 09:32
Atualizado
28/10/2019 09:33
A+   A-  
Imagem 1 -
FOTO: REPRODUÇÃO

Alberto Fernándes e Cristina Kirchner venceram as eleições na Argentina neste domingo (27). Unidos, derrotaram o atual presidente Maurício Macri, que buscava a reeleição. O argentino botou a esquerda de volta no governo, por não concordar com a política de direita.

O presidente Macri reconheceu a vitória da oposição e felicitou ontem (27) à noite o vencedor das eleições argentinas, Alberto Fernández. Macri prometeu exercer "uma oposição saudável, construtiva e responsável" que "reafirme as conquistas alcançadas".


Ao lado de Apoiadores, Alberto Fernández publica foto no Twitter fazendo o L de Lula Livre e escreveu: “Parabéns pra você, querido Lula. Espero verte pronto.”


O presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, que está em viagem ao exterior, não gostou do ato do presidente eleito na Argentina. Disse que não vai cumprimentar o presidente eleito na Argentina e que vai discutir a participação do País vizinho no Mercosul.

Bolsonaro não gostou do fato de Alberto Fernandes ter parabenizado Lula. Lembrou que Lula está preso no Brasil.

A eleição deste domingo, 27, decidida em primeiro turno, é a consagração da estratégia da ex-presidente Cristina Kirchner, que surpreendeu o mundo político quando lançou seu nome como vice numa chapa encabeçada por Alberto Fernández.

Em discurso, Macri disse que deixa o governo com "um país com bases sólidas" que mudou "a cultura do poder".

Ele disse que convidou o presidente eleito Alberto Fernández para tomar café da manhã na Casa Rosada, que é a sede do governo da Argentina, para iniciar pacificamente o processo de transição de governo.


Notas

Ambiental do Brasil

Publicidades

Bolsas 100% MOSSORÓ

Outras Notícias

Deixe seu comentário