27 SET 2020 | ATUALIZADO 23:02
MOSSORÓ
08/01/2020 11:49
Atualizado
08/01/2020 11:50

Rosalba empurra servidores públicos nas mãos dos agiotas, diz Marleide

A+   A-  
A prefeitura de Mossoró continua a não repassar para Caixa Econômica o dinheiro que desconta dos salários dos servidores para pagar os empréstimos consignados, fazendo com que estes tenham que recorrer a outras financeiras com juros altíssimos para conseguir empréstimos. “Meu Deus, cadê a justiça?”, questiona a presidente do Sindiserpum.
Imagem 1 -
FOTO: REPRODUÇÃO

Em nota nas redes sociais a Presidente do Sindicatos do Servidores Públicos Municipais (Sindiserpum), Marleide Cunha, falou que a prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini, está empurrando os servidores do município para “as garras de financeiras agiotas”.

“Vários servidores em desespero se submetem, por exemplo, a pegar empréstimo de 2000 reais para pagar em 12 parcelas que totaliza 7. 600 reais. Só de juros são quase três vezes o valor da dívida inicial”, disse.

Segundo Marleide, isto acontece porque a prefeitura de Mossoró continua a não repassar para Caixa Econômica o dinheiro que desconta dos salários dos servidores para pagar os empréstimos consignados.

“Em consequência disso o servidor fica recebendo cobrança e a Caixa não libera novos empréstimos”, disse.

Ao ter o empréstimo negado por falta de pagamento, muitos servidores acabam tendo que recorrer a outras financeiras, que praticam juros altíssimos.

Marleide questiona onde está a justiça que não toma uma providência sobre esta situação.

“Cadê a resposta da justiça sobre a Ação Civil do Ministério Público pedindo improbidade Administrativa da prefeita Rosalba Ciarlini? Até quando a justiça vai esperar que a prefeitura se justifique? Enquanto quem tem o poder de agir silencia, o servidor segue roubado, humilhado, desesperado e propício a cometer atos contra a própria vida” finalizou.


Notas

AME

Outras Notícias

Deixe seu comentário